Mensagens de Aniversário de Morte

Encontradas 205 mensagens de conforto:

Não existe aniversário mais triste que o de hoje, meu pai! Um ano passou desde a hora que você se foi. E não mais encontrei seu abraço, seu toque; jamais escutei sua voz.

Mas descobri que você vive no meu coração, porque não paro de lembrar o quanto você é inesquecível! Tenho muito orgulho em ter um pai tão especial. Agradeço por todas as maravilhas que me proporcionou! Agradeço por me ter oferecido tantas memórias de nós dois. Até um dia, meu pai!
Hoje é um aniversário sem sorrisos livres, sem bolo, sem festividade. Nem acredito que já passou um ano desde que você me deixou, querida mãe! Foram muitos dias e muitas noites, muitas horas de silêncio, de tristeza.

Mas finalmente reaprendi a viver; reencontrei meu caminho por mim, por você. Estou começando a sorrir aos poucos sem sentir culpa! E sonho com nosso reencontro. Até um dia, minha mãe!
O tempo passou e a saudade é cada vez mais forte. Hoje faz um mês que você partiu; que deixou este mundo e se entregou a outro. As lágrimas continuam a cair e a dor aperta no peito dia após dia.

Eu sei que o tempo irá levar a mágoa e o desespero, mas sentirei sua falta eternamente. Eterno também será este luto que afoga meu coração em uma esperança sem sentido. Descanse em paz até à hora do nosso reencontro. Até um dia.
Faz hoje dois meses que você partiu deste mundo e a dor que senti nesse dia continua comigo, aqui bem afundada no meu coração. Todas as manhãs quando acordo ainda custa processar a realidade de saber que você não está mais entre nós. Ainda parece mentira, um pesadelo.

Mas é verdade, e não sei se algum dia terei forças suficientes para superar sua partida, para abandonar a tristeza e a revolta e me entregar apenas à saudade. Espero que esteja descansando em paz, e que na eternidade consiga escutar todos os pensamentos que lhe dedico por dia.
Poderão passar mil anos que nesta mesma data o dia sempre despertará cinzento e triste, muito triste! Sinto a sua falta todos os dias, e a cada segundo você vive em meu pensamento constantemente, e meu coração bate de saudades suas, meu filho.

É mais um ano que vivi sem você, mais um ano em que tive que aprender a suportar a sua ausência, algo que é antinatural. Mãe e pai jamais deveriam ter de assistir à partida definitiva do seu filho... Mas assim Deus decidiu no nosso caso, e assim tento aceitar o melhor que posso.

Mas em dias como este tudo fica mais difícil. Olho os objetos que lhe pertenceram e que guardo como tesouros, relembro nossos melhores momentos, vejo você sorrindo para mim e seus olhos brilhando de alegria e vida, e tudo que eu queria era mais um abraço, mais um carinho e ouvir sua voz outra vez.

Eu amo você, hoje como então, e assim será eternamente! Você vive através de mim e me conforta a ideia de um dia voltar a encontrar você, apenas não nesta vida...
Há um ano você partiu e no meu coração deixou uma saudade eterna. Penso em você todos os dias e sinto a sua falta hoje como há um ano.

Tem sido difícil, mas as lembranças dos momentos que compartilhamos têm me ajudado a seguir em frente. Jamais vou esquecer de você, assim como o sentimento que tenho por você jamais irá diminuir. Sonho que um dia nos voltaremos a encontrar.
Parece quase impossível, mas já se passaram dois anos desde que você partiu. Muita coisa aconteceu, mas eu sinto que ainda ontem você estava aqui do meu lado.

Ainda consigo escutar suas palavras e ver o seu sorriso, pois você está bem presente no meu coração e na minha memória.

Lembro de cada instante que compartilhamos e sei que tive muita sorte de ter conhecido e convivido com você. Sinto gratidão por isso, mas não evito a tristeza de não ter tido mais tempo para aproveitar ao seu lado.

Espero que esteja descansando em paz e que em outro plano da existência nos voltemos a encontrar.
Hoje faz um mês que você partiu. Muitas manhãs surgiram entretanto, e muitas noites caíram. O mundo seguiu o seu curso como se nada tivesse acontecido, mas para mim esse mundo nunca mais foi o mesmo.

Tudo mudou desde o terrível dia em que tive que lhe dizer adeus para sempre. Tudo ficou mais pobre, e eu carrego agora um buraco no coração. Sinto saudades e uma tristeza que parece não querer me abandonar. Sinto a sua falta, e para sempre vou sentir!
Foi um ano que passou, querida mãe, desde sua partida. Apenas um conjunto de dias, porque parece que ainda foi ontem que ouvi sua doce e ternurenta voz pela última vez. Um ciclo infindável de meses, pois o vazio que você deixou foi muito profundo e tornou todos os instantes da minha vida em momentos dolorosamente prolongados.

Saudade é o que mais sinto, como se tivéssemos largado as mãos, de forma súbita, e agora eu procurasse, de alguma forma, agarrar você de novo. Saudade porque mãe é uma pessoa única, capaz de proporcionar o maior dos amores que o mundo já conheceu. E por isso, ficar sem você foi perder um pouco de minha própria vida. Foi deixar de ter a referência que eu sempre quis imitar.

Pudessem as lembranças abrandar um pouco esta vontade dilacerante de ter você de volta à vida e talvez eu fosse capaz de seguir verdadeiramente em frente. Mas, por agora, um ano é pouco para o conseguir. Pouco para quem desejava permanecer toda a vida do seu lado.
Hoje faz 2 anos que você partiu.
E foram 2 anos de tristeza e saudade,
pois o tempo passou, mas a dor ficou.

Dizer-lhe adeus foi das coisas
mais difíceis que já tive que fazer.
E aprender a viver sem você ainda custa.

Dói muito saber que nunca mais
voltarei a enxergar seu sorriso,
dói muito saber que já vivi 2 anos sem você.

Mas passe o tempo que passar,
a saudade continuará a aumentar
e sua memória ficará sempre comigo.
Meu pai, hoje se completa mais um ano da tua ausência, mais um ano desde o dia em que partiu para sempre. Ainda custa lembrar desse dia, mas muito mais custa suportar esta dor e esta saudade que todos os dias carrego comigo.

Mas guardo sua memória bem viva dentro do meu coração, e encontro conforto nas lembranças que construímos. Você foi um homem extraordinário e um pai maravilhoso. Eu sou fruto da sua vida, da sua dedicação, do seu amor e através de mim você continua vivendo, meu pai.

Talvez um dia nos reencontremos e lhe possa dar mais um abraço e dizer o quanto o amo. Descanse em paz, meu amado pai!
Hoje se completam 7 meses do dia em que você me deixou, pai. Tenho tentado ser forte, mas a verdade é que é muito difícil seguir sem você ao meu lado. Sinto sua falta todos os dias e fico sempre querendo escutar seus conselhos.

Saiba, pai, que nunca irei esquecê-lo e vou fazer de tudo para honrar você. Serei forte e viverei da forma como você me ensinou, buscando sempre dar o melhor.

Quero muito ser alguém de quem você possa se orgulhar, pois tenho certeza de que é isso que você gostaria que eu fizesse. Sei que você está me olhando aí de cima e poderá ver a pessoa que eu vou me tornar.

Amo você, pai!
Se completa hoje um ano desde o momento em que o mundo em geral, e o meu em particular, ficaram mais pobres com a sua perda.

Lembro a tristeza e a revolta que senti nesse dia com total nitidez, e se os sentimentos mais violentos se acalmaram com o tempo, a saudade apenas aumentou.

Todos os dias faço questão de recordar a pessoa maravilhosa que você foi, e assim será para sempre, pois sua memória jamais se apagará do meu coração. Descanse em paz!
O tempo passa, mas a dor continua. Não tem como enganar. Já passaram seis anos desde aquele momento triste na Terra e feliz no céu. Ainda hoje recordo com saudade as palavras e os gestos de uma das pessoas que mais amei na vida.

Ainda hoje não aceite nem entendo o motivo da sua partida. É que quando existe amor, não há lugar para despedida. E por isso nunca nos separamos. Até um dia.
Dois meses se passaram desde que você se foi deste mundo, mas a vida é tão difícil sem você aqui que parece já ter sido há uma eternidade.

Sinto tantas saudades, tão intensas e profundas, tão eternas e impossíveis de consolar. Daria qualquer coisa para que Deus me concedesse mais uns minutos ao seu lado.

Mas como sei que não é possível, recordo nossos momentos enquanto espero por um reencontro na eternidade.