Mensagens de Um Ano de Falecimento

Encontradas 300 mensagens de conforto:

Ainda sinto a dor da partida da minha tia. Faz 1 ano, mas para mim, é como se fosse ontem. É difícil lidar com o vazio que ela deixou porque ela sempre foi um grande exemplo para mim.

Meu carinho pela minha tia nunca irá acabar, assim como a saudade que sinto.
Os primos são os primeiros amigos que temos na vida e, se cuidarmos bem dessa relação, são amigos para toda a vida.

Faz um ano que a minha prima nos deixou e o que sinto é que perdi uma grande amiga. Ainda hoje me recordo imensas vezes dela e sinto uma enorme vontade de bater um papo com ela.

Espero que descanse em paz, minha querida e amada prima!
Há 1 ano não ouço suas histórias, não lhe dou um abraço apertado e não posso ouvir sua voz. Querida avó, tem sido difícil sem você aqui.
 
Tenho tentado ser forte, porque foi assim que me ensinou. Levo sempre sua imagem comigo e nos momentos mais difíceis, lembro de tantos momentos bons que passamos lado a lado.

Você foi e ainda é a melhor avó do mundo. Que esteja em paz!
12 meses se passaram e a saudade aumentou um pouquinho a cada dia. Eu achei que perder minha irmã havia sido a pior parte, mas o pior é o que vem depois.

Viver sem ela é uma dor que não sei explicar. Não poder falar com ela ou lhe dar um abraço apertado é o mais difícil. Sinto tanto sua falta, irmãzinha. A saudade nunca para de crescer e eu lembro de você todos os dias.

Rezo sempre para tentar estar um pouco mais perto. Nunca esqueço tudo que vivemos juntos e levo nossas lembranças sempre comigo. Amo você, irmãzinha, e morro de saudades!
Eu sei que nunca irei me habituar à ausência do meu irmão. Já passou ano do dia terrível em que ele se foi e sinto que uma parte de mim continua aguardando seu regresso.

É uma sensação incrível, é algo que machuca meu coração todos os dias. É esperar por algo que eu sei que conscientemente jamais irá acontecer. É estranho, doloroso, real.

O meu irmão sempre foi tudo para mim, um exemplo de ser humano, um homem íntegro. Se eu pudesse escolher ser alguém, eu gostaria de ter sido como ele.

Sempre o admirei profundamente. Mesmo nas horas em que a briga entre nós se instalava, eu ficava admirando sua forma de reagir. Tenho certeza que o amei desde sempre.

Só quero acreditar que ele está em um lugar de paz, sereno, a descansar. Vou fazer tudo que estiver ao meu alcance para o manter vivo ao meu lado neste mundo que será sempre seu.
A maior prova de fogo que a vida me deu foi esta que tive de lidar no último ano. Foram doze meses inteiros sem você, tio! A última despedida pode ser muito dolorosa para quem fica.

Acho que não existiu um só dia que não chorasse. Em todos eu senti mágoa, tristeza profunda por não o ter ao meu lado. Gostaria que fosse mentira, que a vida não tivesse cedido ao desejo da morte.

Talvez amanhã ou depois eu consiga aceitar as coisas de uma forma mais serena, mas neste momento ainda é impossível para mim. Só espero que você esteja em um lugar de paz, tio.
É impossível esquecer o dia em que roubaram de mim o bem mais precioso que tinha. Hoje é o aniversário de morte do meu querido filho e ainda me revolta como a morte o levou de forma tão inesperada.

Para mim é como se tudo tivesse acontecido ontem. É difícil encarar esta realidade quando estava em causa alguém tão jovem, com tantas coisas ainda para viver. Mas a vida nunca foi justa e eu tento me apegar todos os dias nas melhores recordações para que um pouco de paz possa invadir meu coração.
Mãe, vou falar como se estivesse me ouvindo, como se estivesse neste momento à minha frente olhando nos meus olhos e antecipando um abraço inevitável. Hoje se completa o primeiro ano do acontecimento mais triste da minha vida. E é terrível recordar os momentos de sofrimento que me assolaram quando recebi a notícia do seu falecimento.

Não tem como não pensar na dor, no que representa sua ausência, no vazio que é não poder ouvir sua voz. Mas perante esta onda de sentimentos angustiantes, tento remar contra a corrente e pensar nas coisas boas que vivemos juntos. E foram tantas, mãe, momentos muito especiais ao lado de uma mulher guerreira e bondosa.

Com você eu aprendi tudo que sei e ganhei inspiração para todos os dias tentar ser alguém melhor. Você era a luz da família, o amor em forma de pessoa, a razão da nossa união. Sinto um orgulho indescritível pela sorte que tive em poder chamar você de mãe.

O tempo vai avançando. Hoje faz um ano e tenho que continuar de cabeça erguida porque a vida exige que não viremos a cara à luta. Mas para onde quer que vá, em todas as circunstâncias, independentemente do meu estado de espírito, você estará sempre no meu coração.
Mãe, é tão difícil viver sem você ao meu lado. Foi um ano terrível, profundamente triste em que tive de lutar todos os dias para me aguentar. Descanse em paz, mamãe, e até ao dia em que nos encontremos de novo.

Nunca é fácil estar longe de quem tanto amamos, estar separado de quem deveria estar ao nosso lado. Só espero que o tempo me ajude a aceitar o seu adeus e que no seu novo lar sua alma encontre paz e harmonia.
Sempre pensei que a teria para sempre aqui ao meu lado, mãe, para me dar carinho e fazer tudo melhorar com um abraço.

Há um ano que não é mais assim e desde esse dia que a minha vida deu uma reviravolta cruel. Fui surpreendido pela sua partida, nada fazia prever que alguém tão saudável pudesse nos deixar assim de um momento para o outro.

Nesse dia não perdi somente a minha mãe, perdi a minha maior amiga e a minha maior fonte de carinho.

É muito difícil viver sem você. Espero que, onde quer que esteja, encontre a paz merecida.
Faz hoje um ano que você partiu, meu pai, e nesse dia perdi a pessoa mais importante da minha vida.

Você me ensinou o que era certo e o que era errado, mas neste momento, tudo parece errado.

É difícil de acreditar que não tem mais você aqui. O tempo passa e a saudade que sinto só parece aumentar. Para sempre vou ficar com um vazio no meu coração.

Sei que um dia o voltarei a ver, quando chegar a hora de eu partir. Mas até lá vou ficar com a saudade daquele que me mostrou o que era o amor verdadeiro.
Passado um ano do seu falecimento, meu filho, ainda me lembro bem de como me senti quando recebi a notícia.

Primeiro, não quis acreditar. Não podia acreditar que alguém tão jovem e tão saudável pudesse partir assim.

Depois, à medida que fui caindo em mim e percebendo que estava mesmo acontecendo isso comigo, senti as pernas perderem as forças, havia uma força que me puxava para o chão e todo o meu corpo caiu.

Após essa queda, julguei que nunca mais iria me levantar, não tinha mais razões para isso. Com o passar do tempo, reaprendi a andar, mas sempre que me lembro de você, meu filho, sinto que vou perder as forças novamente.
Não tem sido fácil lidar com o seu adeus, mamãe. Passou um ano, mas sinto que nem daqui a dez eu me sentirei como um dia me senti na sua presença. Espero que você esteja em paz e que nunca deixe de cuidar de mim.

Mamãe, eu a adoro do fundo do meu coração. Não será a morte a vencer o nosso amor – isso nunca. Eu prometo que irei manter seu nome na minha boca e coração para que você nunca morra de verdade. Descanse em paz, querida mãe.
Mãe, todas as palavras que possa dizer não serão suficientes para expressar a saudade que sinto. Hoje faz precisamente um ano desde que você partiu da minha vida, e não há um dia em que não recorde seu sorriso, seu carinho, seu exemplo de mãe, esposa e mulher.

O tempo pode passar que nunca permitirei que leve nossas melhores recordações. Amarei você para sempre e com todas as minhas forças.
Meu querido irmão, faz um ano que a morte nos separou, mas nada pode quebrar esse laço que sempre nos uniu, nem as memórias fantásticas de tudo o que vivenciamos.

Não há um único dia em que não me recorde de você e dos momentos que compartilhamos ao longo da sua vida.

Serei sempre a pessoa mais sortuda do mundo por ter tido um irmão maravilhoso como você.