Mensagens de 1 Ano de Falecimento da Avó

Encontradas 32 mensagens de conforto:

Minha avozinha, que saudade que sinto da sua presença na minha vida, dos dias que ia para a sua casa e passávamos todo o tempo rindo e você me contava histórias inesquecíveis.

Faz 1 ano que partiu e ainda não me acostumei a não tê-la na minha vida. Sinto tanta falta. Às vezes, passo por alguém com um perfume parecido com o seu e meu coração dói.

Sinto uma falta imensa de poder ouvir sua voz. Espero que esteja em paz.
A falta que sinto nunca acabará
Nunca chorei tanto como neste ano
Parece que você está sempre ao meu lado, mas já passou um ano que você partiu, vovó. Faz um ano que seu corpo deixou o meu. Sinto muito sua falta, avó! Gostaria de ter mais um abraço ou escutar sua voz no meu ouvido.

Você sempre foi mais do que uma avó encantadora. Você é inspiradora e sempre será, vovó. Só desejo que esteja em paz aguardando minha chegada. Até esse dia.
Minha avó viverá para sempre no meu coração
Minha avozinha, é muita a saudade que existe no meu coração. Um ano passou desde aquele dia terrível em que partiu da minha vida e agora vejo como faz falta uma pessoa como você: carinhosa, meiga, atenta, bondosa e generosa.

Sinto que talvez nunca tenha expressado tantas vezes quanto gostaria a importância que teve para mim. Sempre vi em você o exemplo de uma mulher guerreira, corajosa e persistente que me inspirou muitas vezes e que ainda tento imitar dia após dia.

Não há palavras que expressem com exatidão a tristeza que sinto quando penso que não posso mais ter seu abraço, ver seu sorriso doce, ouvir as histórias inspiradoras que apenas você sabia contar.

É um dever lembrar e assinalar a data da sua partida por tudo que devo a você, avó, mas eu o faço de forma espontânea e por verdadeiro amor. Um amor que nasceu entre nós para ser eterno.
Vovó, um ano inteiro sem sentir o calor do seu abraço, sem escutar sua voz suave no meu ouvido. Foi exatamente há doze meses que você se foi, que seu corpo desapareceu do meu olhar.

Eu sinto sua falta todos os dias, todas as noites, em qualquer instante. Sinto saudade das conversas, da melodia das suas palavras sempre sábias. Avó, sempre que penso em você, desejo voltar no tempo.

Descanse em paz, avozinha.
Até um dia.
O tempo passa e não tem como passar a dor que sinto desde que perdi a minha querida avozinha.

Faz hoje um ano que nos deixou, mas a mágoa continua a estar bem presente em todos os momentos.

Foi uma segunda mãe para mim, alguém que sempre me acarinhou e procurou garantir que nada me faltava. Nunca senti a falta de nada, pois o seu abraço era tudo o que precisava. Havia mais amor nesse abraço do que em todas as palavras.

Como eu precisava de sentir esse abraço mais uma vez. Talvez assim, a dor fosse embora e conseguisse voltar a sorrir.
Sabemos que ninguém vive para sempre e que um dia chega a nossa hora, mas mesmo conhecendo essa inevitabilidade da vida, nunca pensamos seriamente que esse dia irá chegar, nem nos preparamos para esse momento, particularmente quando se trata de alguém que tanto amamos.

Foi assim com a minha querida avó que partiu deste mundo faz hoje um ano. Não estava preparado para a perder. Apesar da sua avançada idade, mantinha um espírito jovem e uma enorme força de viver.

Foi um grande exemplo de vida para mim e sentirei a sua falta para todo o sempre.

Descanse em paz, querida avó!
Minha avó amada, talvez você estivesse longe de imaginar a falta que faria nas nossas vidas, mas um ano depois do seu falecimento ainda permanece um vazio muito grande na vida de todos aqueles que amavam você.

É difícil esquecer a pessoa que foi uma referência como mãe, avó, esposa e mulher. Seu exemplo de dedicação, afeto e generosidade marcaram muito a pessoa que sou. Nunca esquecerei os valores que me transmitiu, assim como os bons momentos que passei na sua companhia.

Ninguém é eterno, mas anjos como você dá vontade de nunca largar, jamais deixar ir embora. E, de certa forma, isso acaba por acontecer comigo, pois a morte levou sua presença, mas eu a tranquei na parte mais secreta do meu coração.

Um ano passou, mas permanece a gratidão pela oportunidade de ter alguém tão inspirador na minha vida. As memórias serão eternas e as homenagens constantes porque, mais do que ninguém, você merece ser recordada para sempre, avó.
À minha avó querida presto esta homenagem. Infelizmente ela partiu há um ano e não será possível que leia estas palavras, mas não poderia deixar de mencionar, nesta data triste de luto e saudade, que ela foi a mulher mais inspiradora, mais generosa e mais bondosa que já conheci.

Algumas pessoas têm a capacidade de, pela sua simplicidade e genuinidade, deixar uma marca forte em quem está à sua volta. Minha avó foi dessas pessoas, não precisou de ter uma elevada escolaridade para ensinar muito aos seus filhos e netos. Bastou seu exemplo de mulher guerreira e carregada de histórias e experiências para todos os que a amavam sentirem que jamais a esqueceriam.

Um ano depois da sua perda, é como se ela ainda estivesse bem do meu lado me dando seu carinho doce e aconchegante. Porque as memórias que tenho são tão especiais e as recordações mostram uma vivência tão linda que é como se no meu coração ela fosse eterna.
Não podia deixar passar em branco esta data, há 1 ano perdi a minha avó, cuja ausência ainda dói muito.

Sempre admirei muito a minha avó, era um dos meus pilares, uma pessoa que não se deixava abalar com nada, uma verdadeira guerreira.

Ainda tenho muita dificuldade em aceitar que você partiu, mas, para onde quer que tenha partido, espero que esteja em paz.
A saudade se instalou no meu peito há 1 ano quando, com lágrimas nos olhos, me despedi da minha avó. Posso senti-la comigo desde então, mas sei que a presença dela é diferente.

Sinto saudade, revisito as lembranças e com o coração apertado tento ainda falar com ela. É difícil aceitar, mas sei que tenho que ser forte.

Este adeus já faz 1 ano, mas ainda dói.

Que seu descanso seja eterno!
Uma avó é uma segunda mãe, pelo menos a minha é, aliás, foi, porque ela partiu há exatamente um ano. Quero acreditar que ela está em um lugar confortável, leve, sereno. Descanse em paz, vovó!

Não tem sido fácil conviver com a sua ausência, com a falta que tenho de um abraço, de um beijo, de uma palavra sábia e doce. Foram doze meses complicados, mas acho que começo a ver as coisas de outra forma.

É claro que não consigo lidar com seu desaparecimento de uma forma agradável, mas tentarei aceitar os desígnios da vida e da morte sem mágoa. E isso já é muito positivo.

Prometo, por mim e também pela minha querida avó, lutar pela minha felicidade, fazer o que puder para regressar à minha estrada. Quem sabe um dia, até nos reencontramos. Até essa data irei orar pela sua alma todos os dias, vovó.
Há 1 ano que minha avó está ocupando a sua morada celeste, junto de Deus e daqueles que tanto amou em vida que partiram antes dela.

Desde esse dia que o meu coração palpita de saudades e que a sua presença é sentida através das pequenas coisas, principalmente devido aos seus múltiplos ensinamentos.

Não tem como não recordar a minha avó e sentir saudades daquela pessoa serena de quem eu tanto gostava.

Tenho a certeza de que, por maior que seja a distância agora, um dia nos iremos reencontrar e que daremos um forte abraço lá em cima no céu.
Há um ano vivi um dos dias mais tristes da minha vida quando faleceu a minha doce avó. Passado este tempo, são os seus ensinamentos e as suas palavras sábias aquelas que mais vezes me recordo e que parecem ecoar novamente nos meus ouvidos.

São várias as formas de mantermos viva a memória daqueles que amamos, a minha avó vai continuar entre nós através daqulos que me ensinou e isso me deixa feliz.
Foi há um ano que minha avó partiu. É verdade que ninguém dura para sempre, mas recordo que nesse dia senti uma dor terrível, como se meu mundo fosse acabar. Com a turbulência do dia a dia nem nos apercebemos como as pessoas que amamos envelhecem e como a vida é frágil, podendo tudo mudar de um momento para o outro.

Saudade foi o sentimento que fez parte de mim durante este ano que passou. Porque meu amor por minha avó nunca conheceu fronteiras. E as memórias que guardo dela permanecerão comigo, aconteça o que acontecer.
Faz hoje um ano que tive que me despedir de uma pessoa maravilhosa que trouxe tantas coisas boas para a minha vida e de quem irei sentir sempre saudade, a minha querida avó.

Os encontros de família nunca mais voltaram a ser os mesmos, passou a existir um silêncio que dantes era ocupado pela sua voz ou pela sua risada.

Gostava de brincar com as crianças, pois no fundo do seu coração, ela nunca cresceu e continuava a ser muito jovem. Infelizmente o seu corpo não acompanhou a juventude do seu espírito e ela teve que partir.

Ela marcou a minha vida de muitas formas e jamais a esquecerei.