Mensagens de 1 Mês de Falecimento do Meu Avô

Encontradas 38 mensagens de conforto:

Passado 1 mês que meu avô faleceu, ainda sinto um aperto no peito quando penso nele. É doloroso falar sobre isto. Parece que as palavras não querem sair da boca.

Creio que com a sua morte percebi quão incerto é o futuro e como não podemos dar nada como garantido, pois aqueles que amamos, podem partir assim, de um momento para o outro, deixando para trás apenas as recordações que guardamos deles e uma infinita saudade.
Meu avô se foi e quebrou meu coração
Sofro com seu adeus, vovô
Sinto muitas saudades do meu avô. Ele partiu há 1 mês e não houve um dia em que não sentisse a sua falta.

Foi um homem excecional que tocou nos corações de todos com quem se cruzou na vida e que os encheu de coragem, amizade, alegria e amor.

Para sempre irei honrar a sua memória, pautando a minha vida segundo os mesmos valores com que ele pautou a sua. Todos os dias me recordo dele e continuarei a recordar.
Avô, seus olhos fecharam e os meus choram
Os avôs e avós também vão embora, mas confesso que não estava preparado para este adeus do meu vovô que sempre foi como um pai para mim. Que trinta dias difíceis sem ele!

Passou um mês, mas parece que foi um ano ou dez, tão grandes foram as noites sem dormir. Só me recordo de chorar e não entender os motivos da vida, os desígnios da existência, da morte.

Ele não merecia desaparecer assim, nem eu merecia estar longe dele. Irei honrá-lo eternamente. Ele viverá sempre na minha boca, no meu coração, dentro de mim. Descanse em paz, avozinho.
 
Estou vivendo os momentos mais duros e tristes de toda minha vida. Há um mês, partiste, vovô, e eu sei que foi para sempre. Quem me dera que fosse mentira, mas infelizmente é a realidade.

Saber que não terei mais sua voz nos meus ouvidos, seu olhar no meu olhar, sua mão forte na minha, saber isso é conhecer uma infelicidade sem fim. Pessoas como você, vovô, deveriam ser imortais.

Na verdade, você é imortal, mas de outra maneira. Não continuará aqui fisicamente, mas estará igualmente presente. Quero acreditar que nada, nem mesmo a morte, irá nos separar. Até um dia, avozinho.
Foi há um mês que passei por uma das situações mais difíceis da minha vida. Custou muito ver meu avô partir, saber que sua vida tinha chegado ao fim, a vida de um homem corajoso, amigo do seu amigo e com um coração do tamanho do mundo.

Os dias têm sido de consternação e muita saudade porque parece que foi ontem, as lágrimas, a angústia e a sensação de que tudo era mentira. Todas as pessoas que amavam meu avô sabem que ele é insubstituível e que nada mais será igual sem sua presença nas nossas vidas.

Restam as memórias porque são elas que nos tornam eternos, e ele deixou as lembranças mais lindas de momentos que valeram muito a pena serem vividos.

Não importa o tempo que passe, meu avô jamais será esquecido. Ele será para sempre a âncora, a luz e a proteção que faremos questão de ter por perto.
Um mês depois da sua partida, me deparo com a realidade da sua ausência, avô. As lágrimas foram substituídas por um grande aperto no peito. Eu sinto sua falta e a saudade tem sido o sentimento que carrego dia após dia.

Sei que é hora de erguer a cabeça e continuar porque não podemos ficar parados perante as perdas, por mais difíceis que elas sejam. Guardo você no meu coração para ter força e coragem para os próximos tempos. O amor, o respeito e a admiração que ganhei por você continuarão comigo pelo resto da minha vida.
Eu não sei onde meu avô
está, mas quero acreditar
que se trata de um lugar
pacífico e harmonioso.
Um mês sem ele
pareceu uma eternidade.

Como ele me faz falta!
Como ele, e só ele, me
tranquilizava e dava amor,
conselhos, fazia promessas
e incluía meu nome em
todas as suas histórias!

Irei recordá-lo enquanto
viver. Não importa onde
eu estiver, mas sim que
honrarei seu nome tão
importante para mim e seu
legado tão maravilhoso.

Até um dia, vovó amado.
 
Um mês de tristeza, um mês de saudade,
Um mês desde nossa dolorosa despedida,
A vida também é feita de perda, contrariedade,
No meu coração permanecerá esta ferida,
Porque meu avô era alguém muito especial
Amado, respeitado e admirado por toda gente
E por ter sido para mim tão essencial,
Irei recordá-lo com carinho para sempre.
Hoje faz um mês que meu avô nos deixou para sempre. Foi um homem de poucas palavras, mas de muito afeto. Nem sempre o sabia demonstrar e quando o fazia era sempre de forma indireta, mas havia mais amor nesses seus gestos escondidos do que nas palavras da maioria das pessoas.

Meu avô era um homem de poucas palavras e por respeito à sua personalidade não me vou alongar mais, apenas quero dizer que o amo e que sinto a sua falta todos os dias desde que partiu.
Querido avô, escrevo estas palavras no dia em que faz precisamente um mês que você nos deixou. Digo que nos deixou, mas, na realidade, apesar de não poder escutar a sua voz ou ver o brilho dos seus olhos, sei que continua a olhar por todos nós.

Talvez esteja sorrindo ou até acenando com a cabeça neste preciso momento. Não sei, mas sinto que continua aqui conosco e que não nos deixou, nem nunca nos deixará.
Faz hoje 1 mês que meu avô faleceu, e eu lembro esse dia com muita tristeza e angústia. O caminho que sentia por ele era imenso e não tinha noção que seria tão difícil vê-lo partir.

Ainda é tudo muito recente e as lágrimas invadem meu rosto, cada vez que recordo esse homem tão especial. Sinto que eu e nossa família fomos muito abençoados por tudo que pudemos aprender com ele.

Talvez com o passar do tempo algumas feridas se curem e seja mais fácil lidar com sua ausência, mas ficará eternamente um vazio, um sentimento de que a vida sem meu avô será sempre incompleta.
O meu avô partiu há um mês, mas ele não se foi de verdade, simplesmente seu corpo não aguentou mais. Sinto que sua alma e seu legado continuarão aqui, pelo menos dentro do meu coração.

Estarei sempre com ele no meu pensamento e todas as coisas boas que aconteceram nos meus dias, a ele eu irei agradecer. Foi ele que me educou e ensinou a palavra “amo”. Meu avô é também meu pai.

Que ele descanse em paz no seu novo lar e se prepare para quando eu chegar. Demore um ano ou dez, demore cem anos, não importa, mas eu sei que iremos nos reencontrar. Nossa história não terminou há um mês.
 
Passado 1 mês da sua partida, querido avô, ainda não consigo falar de você sem que dos meus olhos comecem a derramar lágrimas.

Há, desde esse dia, um enorme vazio no meu interior e na minha vida. Não sei se alguma vez deixarei de me sentir assim, talvez um dia encontre algum tipo de normalidade. O certo é que junto com você partiu uma parte de mim e uma grande parte das minhas recordações de infância.

Espero que esteja em um lugar melhor, mas dói pensar que não o tenho mais aqui comigo.
A dor causada pela perda de alguém que nos é próximo é tão grande quanto maior for o amor que sentimos por essa pessoa. Faz hoje 1 mês que perdi o meu avô e ainda não consigo falar sobre ele sem que as lágrimas rolem pelo meu rosto e sem que sinta um aperto no peito.

Não sei se esta mágoa algum dia irá desaparecer. Talvez um dia consiga falar novamente sobre ele sem que isso me cause tanta tristeza e dor, mas por agora é assim que me sinto, como se o meu luto fosse durar toda a minha vida. Onde quer que esteja, avô, descanse em paz.
Faz hoje 1 mês que você nos deixou, querido avô, e não houve dia em que não desejasse voltar atrás para poder estar mais tempo com você.

Nada fazia prever que nos iria deixar tão repentinamente. Não você que era um homem forte, capaz das coisas mais incríveis.

A maior herança que você nos deixou foi essa força, essa enorme vontade de viver. Descanse em paz, querido avô.