Mensagens de Saudades da Mãe

Encontradas 196 mensagens de conforto:

Não há palavras seja em que língua for que sejam capazes de expressar com rigor a terrível dor que é perder uma mãe. Mas eu quero que você saiba e acredite que apenar de a saudade ficar para sempre, um dia a dor vai acalmar.

Tenha fé e peça orientação a Deus. Sei que hoje você enxerga tudo com os olhos ofuscados pelas lágrimas, mas chegará o dia em que a luz regressará ao seu coração.

Tenha força e lembre-se sempre que sua mãezinha querida estará lá em cima olhando para você, esperando ver o seu sorriso regressar.
Minha mãe, mais um ano se passou sem a sua presença. Tantos dias, tantas noites, e você longe dos meus olhos, mas nunca do coração. Hoje é o aniversário da sua partida para a eternidade, e depois desse tempo todo a tristeza e a incompreensão acalmaram, mas as saudades só aumentaram.

Hoje aceito melhor tudo que aconteceu, e sinto muita gratidão por ter tido você como mãe, pois foi a melhor em tudo. Mas jamais deixarei de sentir saudades e este vazio no coração. Descanse em paz, minha mãe!
Você foi embora e as saudades não me largam, minha mãe! Já sinto falta de escutar sua voz, de sentir o toque dos seus dedos no meu rosto e dos abraços que seu olhar me oferecia.

Mas hoje eu quero agradecer; quero demonstrar minha gratidão, mamãe! Você sempre foi tudo para mim. Todos os dias eram dias de carinho e amor, de aprendizagem, de respeito. Seu legado vai estar sempre na minha boca – seu nome também, e jamais vou permitir que você desapareça!

Você está viva e vai continuar vivendo no meu coração, no meu pensamento. Eu amo você, mamãe! Até um dia. Beijo.
Sinto muito sua perda. Você está sofrendo, sofrendo muito. Será preciso muita luta, muita resistência, muita fé. Seu filho foi embora, mas você será sempre sua mãe. Tenha coragem.

Eu não vou mentir e falar que em breve tudo vai estar bem de novo. Não vai! O tempo irá passar e as dores continuarão bem vivas dentro de você, bem como a saudade, a vontade de chorar.

Quero também deixar claro que com a passagem dos dias, você irá se sentir mais forte para enfrentar a realidade. Pode demorar, é verdade, mas você vai conseguir. Conte comigo neste momento difícil.
 
Um mês é tempo demais, mãe, para quem sente sua falta da maneira que eu sinto, para quem recorda você com saudade e intensidade como eu faço constantemente. Os dias vão passando, deixando em mim um vazio que não para de crescer. A morte levou sua presença na minha vida e sinto que ela mudou para nunca mais voltar a ser o que era.

Todas as perdas são difíceis de suportar, todas as pessoas deixam um sentimento de tristeza quando partem, mas tudo é diferente quando é uma mãe. Você sempre foi a mulher da minha vida, minha referência, meu exemplo. Como eu gostaria de voltar atrás no tempo para sentir seu abraço pela última vez.

Como faço para erguer a cabeça e seguir em frente? Como faço para suportar a dor que me assola o peito? Não sei se as feridas abertas acabarão por cicatrizar, mãe, mas eu vou sentir sua ausência todos os dias, até que chegue o momento de eu partir também.
Você estará sempre aqui, meu filho! O seu lugar, a sua casa será sempre o meu coração. Eu sei que não vou ter mais seu corpo para abraçar nem escutarei mais sua voz, eu sei. Filho, como vou aguentar esta saudade?

Os dias parecem semanas, cada minuto parece que dura uma hora. O tempo passa tão devagar desde que você se foi, meu filho! E acordar e adormecer é tão difícil também. Sinto que estou sem chão, meu querido!

Eu sei que acabarei por aceitar esta dura realidade, mas acho que nenhum pai ou mãe está preparado para perder um filho assim deste jeito. E eu confesso que nunca vou lidar bem com seu desaparecimento.

Mas prometo, por mim e também por você, meu filho, que vou encontrar paz no meio de toda esta saudade. Vou arrumar um jeito para encontrar de novo a felicidade. E sim, pode ter certeza, que vou homenagear todos os dias o filho maravilhoso que a vida me deu.
Eis que o momento tão temido, o único que é inevitável e compartilhado por todos os mortais, chegou para a minha amada mãe.

Depois de um longo período de doença, você se foi, querida mãe. Apenas me resta o consolo que depois de tanto sofrimento, você tenha por fim alcançado a merecida paz.

Este foi o último adeus, a despedida final, e para trás ficou a melancolia de um lugar vazio que jamais será ocupado por outro alguém.

Comigo ficam saudades que serão eternas, incuráveis, e todas as memórias de outros tempos, lembranças de uma mãe maravilhosa que eu pretendo me acompanhem até ao final dos meus dias.

Descanse em paz, minha querida mãe.
Acho que ninguém imagina a saudade que eu sinto dos meus pais. Estar longe de quem amo, de quem me criou; de quem me ensinou a caminhar, é duro, triste, difícil. Como eu gostaria de ter pai e minha mãe ao meu lado!

Poderia ser por um segundo, que fosse por menos ainda, o que eu queria mesmo era estar junto para matar a saudade. Pai, mãe, vocês são tudo para mim! E eu sinto que continuam a existir aqui, só que de uma outra forma.

Enquanto eu viver vocês irão viver também! É a memória, a lembrança; quando recordo aqueles que amo e já não estão mais aqui, sinto que renascem. Talvez por isso a morte seja também uma perspetiva. Até um dia, pai e mãe: meus amores eternos.
Eu tive uma mãe incrível e me doeu muito quando ela se foi. Mas ela sempre me ensinou a seguir em frente e a ser independente e, por isso, hoje estou tentando fazer isso.

Dói muito passar um Dia das Mães sem mãe; mas a minha me ensinou a ser forte e assim tento honrar a mãe maravilhosa que tive.

Sinto muitas saudades, mãezinha. Aprendi muito com você e sua voz estará sempre em minha cabeça, assim como seu amor, em meu coração.

Este dia é sempre dela e levarei sempre sua imagem comigo. Amo muito você, mãe, não importa a distância!
Mãe, neste sétimo dia do seu falecimento eu quero deixar minha homenagem! A saudade que assaltou meu coração jamais irá desaparecer, abrandar, desvanecer. Você sempre foi uma inspiração para mim.

E é por isso que choro e não controlo sequer minhas lágrimas. É que eu sei que mesmo que passem milhares de anos eu vou continuar sentindo esta dor no peito. Amor de mãe é uma coisa sem explicação e que só sente quem tem coração.

Não há como escapar! Terei de enfrentar o dia a dia; o amanhecer, o cair no sono. Não terei mais seu abraço nem escutarei sua voz. Mas tenho de pensar que serei capaz, até porque quero honrar o ser lindo que você sempre foi.

Até um dia, minha mãe querida!
Um beijo.
Já perdi muitas coisas na vida, mas nada se compara com a dor que senti quando perdi minha mãe. O dia de hoje assinala o aniversário do falecimento dela, e a saudade parece bater mais forte, o tempo parece estar recuando para lembrar os lindos momentos que vivemos.

Recordo cada instante com emoção e gratidão, penso na mulher exemplar que ela foi. Sempre trabalhadora, sempre guerreira, me deu uma educação da qual me orgulho muito e lutou com todas as suas forças para que nada me faltasse. Sofreu alguns dissabores, mas isso nunca fez dela uma pessoa fria e rancorosa. Pelo contrário, tinha sempre uma palavra amiga e um sorriso sincero para todas as pessoas.

Tudo mudou quando ela partiu, e haverá sempre um vazio no meu peito devido à sua ausência. Mães são insubstituíveis, ninguém nos ama tanto quanto elas. E eu amarei a minha de toda alma, carregando ela no meu coração, eternamente e para onde quer que vá.
Madrinha, eu sinto muito; muito mesmo. Você sempre foi como uma mãe para mim e agora eu não a tenho mais aqui ao meu lado. Como é triste ver partir para sempre aqueles que tanto amamos!

Só quero que tenha um descanso sereno ao longo de toda eternidade. Aqui eu honrarei seu nome entre lágrimas, entre saudade, entre tristeza. Mas quem sabe um dia até nos reencontramos? Quem sabe.

Todos os dias irei rezar pelo seu bem-estar, pela sua paz de espírito. Não passará um minuto sem que me lembre de você e do que me proporcionou como madrinha, amiga e segunda mãe. Para mim, você continuará viva para sempre.
Dois meses me separam do dia mais triste da minha vida. Ainda nem parece verdade, sempre pensei que você fosse eterna, mãe. A cada dia que passa, a saudade vai cavando mais fundo no peito e eu vou reafirmando a certeza de que você foi a pessoa mais marcante que tive o privilégio de conhecer.

Graças a seu espírito guerreiro e à infinita bondade do seu coração tive uma infância maravilhosa e seu apoio incondicional sempre que precisei. Fui muito feliz ao lado de uma mãe amiga, confidente, conselheira e protetora, e é muito doloroso saber que tudo isso sumiu de um momento para o outro.

Dois meses é pouco tempo para curar as feridas de uma grande perda e, às vezes, sinto que serei incapaz de superar este terrível acontecimento. Quero voltar atrás no tempo para abraçar você uma última vez, mãe querida. Talvez assim nunca mais a largue para não ter de voltar à minha triste realidade.
Minha mãe já não está aqui, mas meu coração ainda transborda de lembranças queridas e um carinho infinito. Sinto muita saudade, querida mãe!
Como posso não sentir falta dos meus pais? Eles sempre foram tudo para mim; sempre me deram o que puderam e agora não estão mais aqui ao meu lado. Pai, mãe, eu tenho tanta saudade!

Acho que nem consigo sequer descrever a tempestade de sentimentos e sensações que meu coração sente. Vocês estão presentes, mas é diferente. Antes tudo era mais colorido, mais feliz.

Quem sabe um dia nos reencontremos! Ah, queria tanto um abraço de vocês dois ou um beijo ou até escutar a voz forte do papai ou sentir os dedos da mamãe no meu cabelo.

Faria tudo, mas tudo mesmo, sem exceções, para ter vocês ao meu lado nem que fosse por um só segundo. Mataria de vez esta saudade que tem me incomodado noite e dia.

Descansem em paz.
Eu irei sempre amar vocês.