Homenagem a Filho Falecido

Encontradas 36 mensagens de conforto:

Filho, a dor que me assaltou a paz na hora que você se foi é simplesmente terrível. Eu já não sei mais o que é sorrir sem arrependimento, acordar e enxergar a vida com confiança. Não é justo um pai ou uma mãe se despedir de um filho para sempre!

Eu ainda nem sei bem como vou conseguir suportar esta infelicidade. Não sei sequer se serei capaz de conviver com a sua ausência. Mas prometo lutar todos os dias. E lutarei por nós dois, eu juro!

Batalharei noite e dia para manter seu nome vivo e para renascer a felicidade que existia em mim no passado. Eu sei que esse seria seu grande desejo. Não vai ser fácil, mas não vou desistir. Descanse em paz, meu filho.
Perder você é o pior que me pode acontecer. No dia que você partiu, meu filho, foi isso que senti – um desaparecimento eterno! Já passou um ano, meu querido filho! E eu acabei entendendo que você está sempre comigo, que é imortal, que vive junto do meu coração.

Quando o corpo vai embora, nada mais desaparece! Assumo que sinto saudade do seu toque e de ouvir sua voz, mas aprendi a dar vida às memórias lindas que tenho de nós dois. Até um dia, meu filho!
Nunca nada, nem ninguém poderá substituir você, meu filho. O lugar que você ocupa no meu coração será sempre seu e nem a sua partida deste mundo irá alterar isso.

Você deixou o plano físico, mas as lembranças de tudo o que passamos e dos momentos que compartilhamos continuam comigo.

Para sempre gravado na memória ficará o seu cheiro, a sua risada e a doçura do seu olhar.

Dizer que sinto saudades é pouco, mas a dor que elas causam é muita.

O pouco conforto que consigo encontrar neste momento é que se encontra na companhia de Deus e que um dia nos voltaremos a rever.
Meu filho está no céu e a saudade que sinto nunca irá embora. Nunca entendi porque Deus o tirou de mim tão cedo e nunca irei entender.

Ele foi o menino mais especial que já conheci e tenho muito orgulho de tê-lo tido como meu filho. Tenho certeza que ele estaria muito bem hoje. Um menino lindo, sorridente e com um coração puro.

Meu coração dói de tristeza por ele não estar mais aqui. Vivo com a saudade e as lembranças que ficaram. O que mais lembro é do sorriso dele. Era lindo de ver.

Sei que está em paz, filho. Posso sentir que seu coração está tranquilo. Penso em você todos os dias e guardo meu amor no fundo do peito. Amo você, meu eterno menino!
Eu não tenho mais meu filho aqui comigo, mas o amor que sinto é imortal. Ele era o menino mais querido e especial do mundo e eu sempre me orgulharei de ter criado uma pessoa tão boa.

Filho, sei que pode me ouvir aí do céu e sei que sabe quanta falta me faz. A saudade segue sempre comigo, assim como as lembranças. Minha memória está cheia de bons momentos que passamos lado a lado.

Esteja em paz. Eu sei que Deus está ao seu lado e isso acalma meu coração. Você nunca será esquecido, nem por um segundo, filho. Meu amor é eterno!
Todos os dias eu acordo e penso em você, sinto a falta que me faz e recordo um ou outro momento de quando estávamos juntos. Às vezes choro, outras vezes não. Filho, a saudade é forte demais, mas o amor que sinto por você é ainda maior.

Quero acreditar que nem a morte irá nos separar, que nada será mais poderoso do que o sentimento que construímos desde cedo, desde o começo da sua vida. É difícil, muito duro mesmo viver sem você.

Mas todos os dias eu tento arrumar um jeito de aceitar os desígnios da vida e a sua decisão que ainda não me parece ter qualquer lógica. Quero só que saiba – se puder me ver, que o amo profundamente, tanto ou mais do que antes. Até um dia, meu pequeno herói!
A perda de um filho, não importa com que idade, vai para sempre privar o coração de sentir calor e a vida de ter alegria. Passamos a viver na escuridão, pois perdemos o nosso sol.

Não é este o sentido natural da vida, mas foi este o sentido que a vida tomou. Aquele que cedo parte, será para sempre recordado por quem o ama, meu querido filho!
Não saberei mais como sorrir ou ser feliz. Terei de redescobrir a alegria, a paz, o bem-estar com o que me rodeia. Meu filho, eu não sei como viver sem você. Vai ser duro, difícil, mas por nós dois irei conseguir.

Para mim, você continuará a existir. E de verdade, de alguma forma, continuaremos juntos para sempre. Enquanto meu coração bater e minha memória funcionar, nada irá nos separar.

Fica difícil, porque sempre fomos unidos como poucos; sempre nos mantivemos lado a lado em todas os momentos. Difícil, mas não impossível. Meu filho, descanse em paz e até ao dia do nosso reencontro.
Todo o filho que deixa os seus pais neste mundo é sempre alguém que partiu cedo demais.

Você era um ser humano maravilhoso. Era amigo do seu amigo, sempre procurando ajudar quem mais precisava. E tinha um coração gigante que mal lhe cabia no peito e cheio de amor para dar.

É uma dor imensa aquela que você nos deixou. Descanse em paz, meu filho!
Meu filho, como irei prosseguir com minha vida? Como serei capaz de caminhar ao final da tarde ou de me alimentar de uma apetitosa refeição? Você não irá me responder, eu sei, mas preciso falar com você.

Sinto muito sua falta, aliás, irei sentir todos os dias enquanto respirar neste mundo que ficou cinzento após a sua morte. Não é justo perder um filho do jeito que eu perdi você. Não é e nunca será!

Mas eu preciso arrumar um jeito de retomar meu caminho para felicidade. E acredite que não lutarei por mim, mas por você que me observa e deseja o meu bem. Filho, amarei você independentemente de estarmos separados por mundos diferentes. Até um dia, querido.
Eu sinto tanta saudade do meu filho. Todos os dias eu tento sorrir, ganhar força para levantar a cabeça e seguir com minha vida. Mas não é fácil. Ele simplesmente não está aqui e isso me deixa assim triste!

É uma infelicidade que ninguém merece conhecer; que ninguém, seja quem for, deve experimentar. É como se parte do que somos desaparecesse e jamais pudesse regressar. Meu amor, meu filho, eu adoro você!

A vida continua, eu sei, eu entendo a teoria, mas na prática as coisas são bem mais complicadas. Mas uma coisa eu prometo: chegará o dia em que meus sorrisos terão origem na felicidade.

Sim, porque por você eu voltarei a sorrir com o coração, a me alegrar com as coisas simples do dia a dia. Meu filho, descanse em paz nesse seu novo mundo. Até um dia.
Só eu sei a saudade que sinto. Só quem passa por esta dor terrível e angustiante é que pode compreender o que penso, o que choro, o que desejo. Ninguém mais tem noção! Sinto muito sua falta, meu filho!

Todos os dias acordo com uma falsa sensação de esperança que me faz acreditar que tudo que está acontecendo não passa de um pesadelo. Mas não; é mentira. E é cruel. Você sabe, meu filho, que não paro de pensar em você.

Mas quem sabe um dia a vida nos pregue uma partida e nos devolva à felicidade de ser, de viver, de existir. Meu filho, esteja onde estiver eu estarei pensando e cultivando este sentimento que é só nosso!

E prometo que você vai se orgulhar muito de mim, das minhas atitudes e do legado que quero deixar neste mundo. Meu filho, é por você que luto, que batalho dia após dia. É por você que, mesmo morrendo de saudade, mantenho viva nossa ligação!
Eu nunca imaginei que a saudade pudesse doer tanto. É como se meu coração sangrasse de cada vez que penso no meu filho. É uma dor que não conhecerá fim, um trauma que viverá comigo até partir para perto dele.

O meu filho é minha vida e eu ainda não me habituei a viver sem sua presença. Preciso tanto do seu abraço, de escutar sua voz, de sentir seu beijo, de enxergar e me deixar cativar pelo brilho do seu olhar.

Meu bem, descanse em paz enquanto eu resisto e procuro serenidade. Meu filho, você é todas as razões, é o motivo dos meus sorrisos; é o dono do papel principal na minha vida. E um dia, nem que demore mil anos, eu sei que iremos nos encontrar.
As saudades que sinto são maiores do que alguma outra coisa neste mundo. Na verdade, tudo em mim é este vazio que sinto por você, meu filho! A vida ou a morte ou sei lá o quê roubaram seu corpo deste mundo!

E ainda hoje eu não consigo aceitar este terrível desígnio! É injusto, é cruel. Você merecia estar aqui até mais do que eu. Tudo na sua forma de agir era incrível, mágico, único. Meu filho, faria tudo para sentir seu coração bater novamente.

Na verdade, meu amor, se eu pudesse eu juro que lutaria contra tudo e todos para ter sua presença aqui outra vez. Nem que fosse por um minuto. Mas tenho de aceitar, não existe outra saída senão aceitar. A saudade nunca irá passar, até porque nunca deixaremos de nos amar.

Até um dia, meu filho.
Descanse em paz.
Você estará sempre aqui, meu filho! O seu lugar, a sua casa será sempre o meu coração. Eu sei que não vou ter mais seu corpo para abraçar nem escutarei mais sua voz, eu sei. Filho, como vou aguentar esta saudade?

Os dias parecem semanas, cada minuto parece que dura uma hora. O tempo passa tão devagar desde que você se foi, meu filho! E acordar e adormecer é tão difícil também. Sinto que estou sem chão, meu querido!

Eu sei que acabarei por aceitar esta dura realidade, mas acho que nenhum pai ou mãe está preparado para perder um filho assim deste jeito. E eu confesso que nunca vou lidar bem com seu desaparecimento.

Mas prometo, por mim e também por você, meu filho, que vou encontrar paz no meio de toda esta saudade. Vou arrumar um jeito para encontrar de novo a felicidade. E sim, pode ter certeza, que vou homenagear todos os dias o filho maravilhoso que a vida me deu.