Mensagens de Despedida

Encontradas 100 mensagens de conforto:

As lágrimas caem dos meus olhos da mesma forma que o seu amor sempre fluiu para mim enquanto você viveu.

Você foi muito mais do que um amigo; você foi um irmão incansável, um professor paciente, um conselheiro sábio, um lutador em tempos de batalha, um ombro fiel nos momentos de tristeza, o alívio da minha angústia.

É verdade que fico muito triste por saber que não posso mais contar com a sua presença na minha vida. Mas ao mesmo tempo sou muito grato a Deus por ter conhecido você, porque sem a sua influência eu seria um ser humano mais triste e menos realizado.

Obrigado por ter me presenteado com a sua companhia! Até breve, meu amigo.

Como se diz adeus a alguém que não vai partir? A morte é uma realidade e os imprevistos conseguem traçar fins sarcásticos. Mas esta perda triste e repentina, não levará você de todos aqueles que o amavam, porque seu sorriso sempre foi poderoso e sua presença uma alegria contagiante.

Você foi um amigo especial, aquela pessoa querida que todo o mundo queria ter por perto. Fiquei terrivelmente chocado com a notícia do seu falecimento e ainda nem acredito que isso aconteceu. Você fará mais falta do que aquela que poderia algum dia imaginar.

Pudessem as lágrimas, que todos estamos chorando, preencher o grande vazio que você deixará entre nós e teríamos o consolo suficiente para não pensarmos mais que a vida é injusta. Mas, por agora, nos resta lamentar esta dura realidade.

Quis a morte que você deixasse de estar ao meu lado, mas eu lhe prometo que jamais vou permitir que ela tire você do meu coração!

Hoje devo lhe dizer o último adeus, mas percebo agora que nunca aprendi como se faz. Como nos despedimos de alguém que queremos que continue ao nosso lado?

Como dizemos adeus com os olhos e o coração inundados de lágrimas? Como se aceita que não voltaremos a ver essa pessoa?

Eu não sei, e acho que nunca vou descobrir a resposta a essas perguntas. Assim como nunca vou superar a sua partida, pois esta despedida quebrou meu coração. Para sempre sentirei saudades suas… Até sempre!

Adeus! Sinto que chegou a hora – a hora da despedida; de dizer “basta” para o sofrimento; de chorar sem parar. Basta! Ainda tenho aquele sentimento de injustiça por você ter partido sem avisar, por ter ido para outro mundo cedo demais.

Acontece que você sempre me amou, sempre quis o melhor para mim, e é por isso que vou procurar meu caminho novamente. Vou tentar ser feliz! Mas nunca vou esquecer seu nome, seu toque, seu odor, seu modo de encarar a vida de frente! Te amo. Até um dia.

A vida é feita de encontros e desencontros, de chegadas e partidas, e na vida vamos enfrentar muitas despedidas. Por mais que doa dizer adeus, é preciso saber que a morte um dia chega para todos.

E quanto mais nos tornamos conscientes da morte, mais devemos saber viver a vida, e saber superar as dores do adeus para seguir em frente. Da morte ninguém pode fugir, mas a vida sempre continua para alguém.

Viver é um mistério que se revela aos poucos, e a morte é o grande mistério que só se revela com o fim da vida. Cabe a quem fica após a morte de um ente amado ou amigo querido, resignar-se diante daquilo que é inevitável para todos. Resta-nos rezar e pedir paz para quem fica e para quem vai.

Hoje dizemos adeus, amanhã outros se despedirão de nós. Façamos o nosso tempo de vida valer a pena! Que mesmo com as nossas dores, saudades e tristezas, possamos ser felizes, ser fortes e adquirir sabedoria.

Há muitos sonhos a serem realizados, há muitos caminhos a trilhar. Podemos dizer adeus, mas carregar para sempre em nossos corações o amor daqueles que conosco viveram.

Dizer adeus é trocar as expectativas e as possibilidades do futuro pelo passado. É perder o presente e o futuro, e ficar com a história e memória de quem partiu. É perder a presença e ficar com a ausência e a saudade.

Por isso é tão difícil dizer adeus. Mas é preciso transformar a memória e a saudade em um sentimento vivo e sereno, e não triste e pesado. Viver em estado de dor, não traz ninguém de volta à vida. Saibamos viver o luto, mas também a hora de voltar a lutar pela vida.

A sombra da morte nos acompanha durante toda a vida. Desde o momento em que nascemos, já começamos a morrer e é essa consciência que deve nos fazer valorizar cada dia e cada experiência que vivemos, mesmo aquelas que colocam sobre nós escuras nuvens. Respeitar e amar a vida, buscando o conhecimento e a sabedoria é a forma que encontramos para nos aproximarmos do céu, da paz, e da luz que vai nos guiar pelos caminhos da eternidade.

Somos passageiros nesta vida, e durante a nossa viagem vemos muitos partirem. Muitas pessoas que amamos desembarcam antes de nós, deixam saudades e dor em nossos corações, e às vezes até levam junto parte das nossas vidas. Mas é preciso seguir em frente, é preciso saber dizer adeus. O trem da vida não pode parar.

Enquanto vemos a paisagem que se coloca à frente dos nossos olhos, nos trilhos da vida, devemos tentar reencontrar a beleza a cada nascer e pôr do sol. Viver é recomeçar a vida muitas vezes. A cada estação, começa uma nova viagem, pessoas descem e novas pessoas entram no trem.

Que possamos aprender a nos despedirmos, que não nos sintamos revoltados diante da dor da partida daqueles que amamos, pois cada um possui em suas mãos um bilhete de ida e de volta. Para alguns, a viagem pode ser mais curta, mas não significa que seja menos rica.

Devemos saber agradecer por todos aqueles que sentam ao nosso lado nessa viagem e com eles aprender um pouco mais sobre os trajetos e curvas que a vida dá. A viagem, dure o que durar, é um tempo de alegrias, de tristezas, de amor, de decepção, mas é sempre tempo de descobertas. Não podemos nunca esquecer que a maior aventura da vida é viver!

Meu primo, é com muita tristeza no coração que hoje lhe digo hoje adeus para sempre. Custa imaginar que nunca mais voltará a estar aqui, entre nós. Ainda havia tanto que eu queria lhe dizer, e tanta coisa que eu não disse.

Agora eu digo apenas que para sempre viverá na minha memória e saudade, e espero que tenha partido com a certeza do meu carinho infinito por você. Descanse em paz, querido primo!

Ah, meu amigo, este é um adeus que eu nunca pensei que precisaria dizer em toda minha vida, mas aqui estamos, e você partiu sem eu ter tempo de lhe dizer esse adeus.

Agora me despeço em silêncio, amigo, com as lágrimas brotando dos olhos, do coração, da alma... não entendo o por quê. Talvez não exista um por quê. O que existe é vazio, tristeza, dor e muita saudade.

Até sempre, amigo! Agora que atravessou a última fronteira espero que esteja me esperando do outro lado, e que um dia nos reencontremos para eu lhe dar este abraço que ficou por dar.

Até um dia! Adeus! Vá em paz! Não sei como me despedir de você; nem quero. Vamos estar sempre juntos. Quero continuar acreditar que só seu corpo desapareceu. O mais importante vive no meu coração, nas minhas memórias.

É aí que recordo todas as coisas maravilhosas que fizemos, todas as obras que construímos, todos os feitos, todos os sorrisos, todas as lágrimas. Não me despeço, porque você não foi embora!

Esta é uma das despedidas mais difíceis que tenho de fazer. Você sempre foi mais do que um cunhado; foi um amigo, um irmão de coração. E a vida levou você de mim! Às vezes ainda não acredito que é verdade.

Mas não tem como fugir da realidade, meu querido! Você partiu cedo demais e viverá no meu coração em todos os instantes do dia a dia. Fique em paz, cunhado!