Mensagens de 2 Meses de Falecimento da Mãe

Encontradas 31 mensagens de conforto:

Quando minha mãe partiu, há 2 meses, foi como se tivessem arrancado um pedaço de mim. Senti uma tristeza profunda e sei que não há nada que me faça esquecê-la.

Oro sempre por ela. Peço a Deus que a proteja e que me ajude a caminhar de cabeça erguida. Minha fé é minha guia nestes momentos difíceis.

Mamãe, sempre sentirei sua falta. A saudade é minha maior companheira agora e eu nunca esquecerei de você. Todas nossas lembranças estão para sempre guardadas no meu coração.

Esteja em paz. Amo você eternamente!
Estes 2 meses sem minha mãe têm sido muito difíceis. O luto ainda não passou, a saudade ainda está presente e a tristeza que sinto, parece não ter fim.

Tudo que sei, aprendi com ela e tudo que eu queria agora era o seu abraço apertado. É muito difícil perder a pessoa mais especial da minha vida.

Tenho que ser forte, mas a dor é imensa. Oro para que a dor passe e para que eu aprenda a viver com esta falta que sinto.

Que minha mãe descanse em paz e que a fé esteja comigo.
O momento mais difícil da minha vida foi quando minha mãe partiu. Faz 2 meses e ainda não me acostumei com a ideia de não tê-la mais por aqui.

É difícil, pois ela era meu porto seguro. Era para ela que eu pedia ajuda quando precisava, era com ela que eu desabafava e agora me sinto só.

Que Deus a proteja e que a fé me ajude a seguir o meu caminho. Eu serei forte por ela, mas ainda é muito difícil aceitar que tenho que dizer adeus.

Vou guardá-la sempre comigo nas minhas lembranças mais preciosas.
Dois meses me separam do dia mais triste da minha vida. Ainda nem parece verdade, sempre pensei que você fosse eterna, mãe. A cada dia que passa, a saudade vai cavando mais fundo no peito e eu vou reafirmando a certeza de que você foi a pessoa mais marcante que tive o privilégio de conhecer.

Graças a seu espírito guerreiro e à infinita bondade do seu coração tive uma infância maravilhosa e seu apoio incondicional sempre que precisei. Fui muito feliz ao lado de uma mãe amiga, confidente, conselheira e protetora, e é muito doloroso saber que tudo isso sumiu de um momento para o outro.

Dois meses é pouco tempo para curar as feridas de uma grande perda e, às vezes, sinto que serei incapaz de superar este terrível acontecimento. Quero voltar atrás no tempo para abraçar você uma última vez, mãe querida. Talvez assim nunca mais a largue para não ter de voltar à minha triste realidade.
Sinto falta da minha mãe, da sua presença na minha vida, da sua existência no meu dia a dia. Estes foram os dois meses mais lentos e tristes de toda minha vida. Descanse em paz, mamãe.

Todos os dias penso em você: acordo e adormeço com seu nome na minha cabeça, com imagens do seu rosto no meu pensamento. Não tem sido fácil sobreviver sem você aqui, mas eu vou tentar, prometo que vou!
Há dois meses deixei de poder contar com o melhor e mais doce abraço do mundo, pois foi quando perdi a minha mãe.

Daria tudo para poder voltar a sentir o calor dos seus braços e o poder curativo do seu amor.

A sua ausência deixou em mim uma saudade sem  fim e uma dor que custa a passar.
É tão triste saber que não posso mais abraçar minha mãe, ou simplesmente pegar o telefone e ligar para ouvir a voz dela. Faz 2 meses que ela partiu e ainda sinto um vazio muito grande no meu peito.

Ela era minha melhor amiga, a pessoa com quem eu sabia que sempre podia sentar. É muito difícil aceitar que ela partiu. Eu sei que tenho que ser forte e sei que isso faz parte da vida. Mas daria tudo para ter um dia a mais com ela.

Que Deus a proteja sempre. Descanse em paz, mamãe!
Foi há dois meses que ela se despediu. Foi há dois meses que ela partiu para jamais regressar. Minha mãe será sempre meu suporte, o pilar da minha vida, mesmo que a distância nos separe.

Confesso não saber o que fazer para suportar esta dor que sinto no coração. Sentir a falta de uma mãe é conhecer a infelicidade neste mundo. Acho que ninguém deveria experimentar uma tristeza assim.

Quero imaginar que ela está em paz, em um lugar mais pacífico e justo do que este em que nos conhecemos. Ela merece uma eternidade serena. Que descanse em paz.
Não há muito a dizer. Passaram dois meses desde que minha mãe partiu e não há dia que passe sem que as lágrimas me inundem os olhos devido à dor imensa da sua ausência.

Ela foi a pessoa mais importante da minha vida porque me amou de um jeito que mais ninguém consegue amar. Construímos uma amizade forte, uma cumplicidade genuína e por isso eu sentirei falta dessa mulher linda para todo sempre.
Mamãe, há dois meses você
Partiu para um mundo novo
E me deixou só, sem lugar e
Tempo onde sorrisos meus
Se constroem, sem lugar e
Tempo em que alegrias me
Invadem por dentro.

Foi há dois meses, há dois
Demorados meses que você
Roubou de mim a força de
Acordar pela manhã, a fé
De aceitar o que vem, venha
Como vier; há dois tristes
Meses, mãe querida.

Sinto sua falta, todos os dias
Irei sentir; falta da sua mão
No meu cabelo, do olhar seu
No meu sempre radiante por
Ter uma mãe como a minha.
Querida mãe, há dois meses que você partiu e não houve um dia em que não sentisse a sua falta.

O tempo passa sem conseguir acalmar a dor que sinto no meu coração. Não sei como irei fazer daqui para a frente sem poder contar mais com o seu carinho.

O que sei é que me faz muita falta e não há nada que possa fazer para contrariar isso.
Mãe, sei que nem sempre fui o filho perfeito e muitas vezes não compreendi as suas ações, mas hoje sei que foi tudo por amor. Estes dois meses sem você, me fizeram perceber a real falta que você faz na minha vida.

Se hoje sou uma pessoa mais centrada e mais equilibrada, devo a você e ao seu amor. Com o passar do tempo nos fomos compreendendo mutuamente e passamos a ser os melhores amigos. Tenho muitas saudades dos nossos momentos de cumplicidade e das nossas longas conversas. Guardo todas estas situações com muito carinho no meu coração. Onde quer que você esteja, mãe, espero que esteja bem.
É  verdade que nunca conseguimos verdadeiramente dizer adeus a alguém que teve um papel importante nas nossas vidas quando essa pessoa parte deste mundo.

Deus sabe como tenho tentado nos últimos dois meses me despedir da minha mãe. Já tentei diversas vezes e de diversas formas pronunciar as últimas palavras, mas não consigo e não sei se alguma vez o irei conseguir, pois, o momento em que o fizer estarei admitindo que não a voltarei a ver e isso é algo que não consigo nem imaginar.

Para já, só consigo admitir que me faz muita falta e que a vida sem ela não vale a pena.
O tempo tem passado lentamente, mas a saudade percorre minha alma a um ritmo alucinante. Ela me faz viajar até ao passado, até ao tempo em que você ainda estava viva para lembrar como era bom ter uma mãe carinhosa, amiga e conselheira como você, sempre pronta a ajudar em todas as horas.

Fui muito feliz enquanto estive ao seu lado e sempre olharei para você como um exemplo de mulher digno de ser imitado. Eu tive uma educação baseada em bons princípios, tive o incentivo para dia após dia para me tornar em alguém melhor, tive a proteção e o essencial para viver feliz e tudo isso eu devo à melhor mãe que o mundo já conheceu.

A tristeza tem tomado conta do meu estado de espírito e não é fácil sorrir quando perdermos alguém que nos dava motivos para isso. Só queria poder expressar o quanto sinto a sua falta, assim como o amor que sinto por você. Descanse em paz, mãe.
Sinto que a infelicidade tomou conta do meu viver há dois meses, no dia e hora que minha mãe partiu para jamais regressar. Ela sempre foi tudo para mim, o meu grande pilar, a razão dos meus momentos de felicidade.

Os dias têm nascido tristes para mim. Parece que a apatia é meu destino, aquela coisa cinzenta de ser mais ou menos, de estar quase bem. Sinto que sem minha mãe não verei a luz de novo.

A única coisa que posso fazer é lutar; lutar todos os dias, por mim e por ela, para aceitar a realidade e lidar com ela da melhor maneira. Mãe, eu juro que vou batalhar para ser feliz e honrar seu nome.

Descanse em paz.
Eu amo muito você!