Mensagens de 1 Mês de Falecimento para minha Tia

Encontradas 26 mensagens de conforto:

Como é difícil perder alguém que amamos. Hoje faz 1 mês que minha tia se foi e meu coração ainda está de luto. Sinto sua falta todos os dias e a saudade me acompanha 24 horas por dia.

Tia, nunca vou esquecer de você e de tudo que significa para mim. Tenho orado sempre por você e para que Deus me ajude a seguir em frente.

A falta que você faz estará para sempre gravada em mim.
Não foi um mês comum. Foi o primeiro mês que passei sem minha tia devido ao seu falecimento. Foi, sobretudo, um mês de ausência, pois me faltou seu sorriso, sua companhia maravilhosa, suas histórias apaixonantes e seus conselhos sempre oportunos.

Há situações com as quais nunca me vou conformar, e a morte de minha tia é uma delas. Passe o tempo que passar, ela estará sempre presente no meu coração, e eu a vou homenagear em todas as oportunidades porque jamais posso esquecer tudo que ela representou para mim.
Entretanto, passou um mês, tia. As lágrimas não secaram, a dor não foi embora, a saudade não sumiu da minha vida. Passou um mês e tudo vai acontecendo devagar porque, ao perder você, perdi uma das pessoas mais lindas que já conheci.

Reviro nossas memórias, revivo propositadamente as recordações do que passamos juntas como negação da sua morte. A sensação do nosso adeus será sempre um aperto forte no peito, e sua ausência vai ser sempre sentida por toda nossa família.
Tia, um mês após sentir na pele a dor de perder você, talvez reúna as condições necessárias para lhe dedicar estas merecidas palavras. Embora não exista forma de descrever com exatidão o sentimento angustiante de ver você partir, é este vazio que traduz a importância que tinha para mim.

Com você aprendi muitas coisas importantes. Seu exemplo de mulher guerreira, de pessoa genuína e sempre disposta a ajudar me marcou muito. Hoje guardo cada lição transmitida ainda com mais força. Saber que nada se voltará a repetir me faz dar mais valor a todas essas vivências.

Sinto que perdi uma amiga, uma conselheira, uma verdadeira confidente para todas as ocasiões. Passou apenas um mês, mas as saudades já invadiram abruptamente meu coração. Você será para sempre como uma luz guiando meus passos, como uma voz sussurrando ao meu ouvido, uma presença constante que nunca deixarei irei embora.
Parece que foi ontem que minha tia partiu, mas já faz um mês. Neste tempo, a saudade só aumentou e a falta que sinto se tornou ainda mais presente.

É difícil aceitar esta despedida. Dói muito saber que não posso mais falar com a minha tia, ou abraçá-la. Ela foi e ainda é muito importante para mim e tudo que aprendi com ela, está guardado para sempre no meu coração.

Vou ser forte por ela e me tornarei alguém de quem ela sentiria orgulho. Descanse em paz, minha tia amada, e saiba que estarei sempre pensando em você!
Há precisamente um mês, faleceu alguém por quem nutria o maior respeito e admiração. Nesse dia, partiu minha tia, uma pessoa de qualidades maravilhosas, sempre muito afável e presente, de quem tenho sentido muitas saudades.

Ela deixou memórias muito especiais, lembranças de momentos únicos que nunca esquecerei. Sua ausência será sentida para todo sempre por mim. Descanse em paz, tia!
Algumas pessoas deveriam ser eternas, e, muitas vezes, só percebemos isso quando elas já não estão entre nós. Minha tia sempre teve meu respeito e admiração, mas, terminado o primeiro mês desde seu falecimento, agora percebo realmente a falta que ela faz para toda nossa família.

Com ela aprendi a importância de qualidades como a bondade e o altruísmo. Minha tia não se ficava apenas pelas palavras, sua atitude demonstrava verdadeiramente os sentimentos que estavam presentes no seu coração. Foi uma bênção ter convivido de perto com ela, ter conhecido profundamente sua alma maravilhosa. Sua perda causa um dano irreparável.

Já sinto muitas saudades do seu sorriso generoso, do seu tom de voz sempre meigo, e ainda só passou um mês. O tempo não para e a vida terá que continuar, mas as lembranças do que vivemos permanecerão em mim como as estrelas no céu, para sempre me iluminando.
Ainda não consigo lhe dizer adeus, tia. Eu sei que já faz 1 mês que você se foi, mas ainda sinto sua presença aqui comigo. Não consigo me despedir, pois dói muito aceitar que você se foi.

Sinto tanta falta de poder abraçá-la e de poder conversar com você. Espero que esteja em paz. Tenho certeza que os anjos irão lhe proteger.

Sei que esta saudade seguirá sempre comigo e que nossas lembranças estarão sempre guardadas no meu coração. Queria que você não tivesse partido, querida tia.
Passado um mês do seu falecimento, querida tia, são as memórias especiais dos momentos que compartilhamos a única coisa capaz de me fazem sorrir.

Tenho muitas saudades do tempo em que ficávamos à conversa e em que compartilhávamos as nossas histórias e os últimos acontecimentos.

Como eu gostava de poder voltar a conversar com você e falar sobre como a sua perda me faz sentir, mas o tempo não volta para trás.

Não tem como compartilhar o que sinto com alguém que me compreendia tão bem.

Você foi e continua sendo uma das pessoas mais importantes na minha vida. Perder você, foi como perder o farol que me guiava e a minha melhor amiga.
Minha tia partiu há um mês e desde então, a saudade tem sido minha grande companheira. Sinto sua falta todos os dias e é muito difícil saber que não vou mais encontrá-la.

Tenho orado muito. Oro para que ela esteja em paz, pois ela foi uma mulher incrível que tocou a vida de muitas pessoas. Peço a Deus que a proteja a partir daqui.

Guardo nossas recordações com muito carinho, pois é tudo que tenho e levo no meu coração todo amor que sinto por ela.

Tia, me despeço de você com dor no coração. Esteja em paz e descanse.
Tem sido difícil aceitar que não tenho mais a minha tia comigo. Passou já um mês e não consigo encarar a realidade de que não irei voltar a ver o seu sorriso.

Era a minha heroína, a pessoa que eu mais admirava. Foi o grande exemplo que tive na vida e cujos ensinamentos sigo à risca.

Eu a amo com todo o meu coração!
Nunca estamos verdadeiramente preparados para nos despedir de alguém para sempre, mesmo sabendo que faz parte da vida, quando chega a hora do adeus, a dor é imensa.

Apesar de já ter passado um mês desde que perdi a minha querida tia, a dor está ainda muito viva e as lágrimas ainda não secaram completamente.

Pensamos sempre que temos todo o tempo do mundo e parece que estaremos sempre aqui. Mas quando nos apercebemos que tudo isto é efêmero,  já é tarde demais.

Como eu queria ter tido um pouco mais de tempo para ter dito a ela tudo o que não lhe disse.

Sei que sabia o quanto gostava dela e a amava, mas queria poder lhe ter dito uma vez mais.
Há um mês, quando perdi a minha tia, perdi uma das pessoas mais importantes na minha vida.

Perder alguém que nos era querido é das coisas mais tristes que nos pode acontecer na vida e parece que nunca conseguimos verdadeiramente aceitar que essa pessoa já não está mais entre nós. 

Ainda custa aceitar que não a tenho mais aqui. Todos os dias sinto a sua falta.
Passou já um mês após o falecimento da minha tia e, por vezes, ainda custa respirar, ainda custa dar um passo sem sentir dor e ainda custa pensar que não está mais aqui, junto de quem tanto a ama.

Uma parte de mim já consegue sorrir quando penso nela, mas a mágoa da sua ausência ainda está muito presente na minha vida.

Talvez um dia consiga só sorrir ao pensar nela, para já, é a dor que ocupa quase tudo.
Foi há um mês que minha tia partiu, deixando meu coração palpitando de dor e tristeza. Ela sempre foi para mim uma amiga, uma conselheira nos piores momentos, uma referência devido ao seu caráter forte e determinado. O vazio que deixou nunca poderá ser eliminado.

Que Deus a guarde na Sua memória e conceda muita paz e consolo a toda nossa família.