Mensagens de Sétimo Dia de Falecimento para Mãe

Encontradas 108 mensagens de conforto:

Mãe, neste sétimo dia do seu falecimento eu quero deixar minha homenagem! A saudade que assaltou meu coração jamais irá desaparecer, abrandar, desvanecer. Você sempre foi uma inspiração para mim.

E é por isso que choro e não controlo sequer minhas lágrimas. É que eu sei que mesmo que passem milhares de anos eu vou continuar sentindo esta dor no peito. Amor de mãe é uma coisa sem explicação e que só sente quem tem coração.

Não há como escapar! Terei de enfrentar o dia a dia; o amanhecer, o cair no sono. Não terei mais seu abraço nem escutarei sua voz. Mas tenho de pensar que serei capaz, até porque quero honrar o ser lindo que você sempre foi.

Até um dia, minha mãe querida!
Um beijo.
Seu amor me guia, mãe
Quanta saudade você deixou, minha mãe
No primeiro instante que eu percebi que você se foi, mamãe, tudo na minha vida desabou! Foi como se o chão desaparecesse, o céu se tornasse escuro e a felicidade simplesmente não existisse mais. Hoje faz sete dias, mãe, e eu me sinto da mesma forma!

Acho que nunca vou conseguir ultrapassar esta grande prova de fogo na minha vida. Penso até que não haverá chance de tudo voltar a ser como um dia foi. É que você sempre foi o pilar da família, o elo mais forte!

Mas de uma coisa eu tenho certeza: vou recordar a mãe e ser humano lindo que você sempre foi, as guerras que venceu, os desafios que superou. E vou me inspirar na sua obra, na sua vida e em todas as provações que fizeram de você uma mulher distinta.

E vou chorar, sim, chorar e muito todos os dias. Espero que um dia as lágrimas caem lentamente e em número menor. Aí estará consolidada a minha aceitação ao seu desaparecimento. Mãe, vou sempre amar você e honrar seu nome e todo seu legado de paz e amor.
O amor que nos une, mãe
Já se foi uma semana, mas a dor ainda é real. Parece que nada faz este sofrimento parar. Não sei viver em um mundo sem minha mãezinha.

Eu sei que eu deveria ser mais forte e que esta partida faz parte da vida, mas nunca pensei que seria tão difícil.

Você foi a melhor mãe que eu poderia ter. Você me deu um grande exemplo e eu farei de tudo para que tenha orgulho de mim.

Sinto muito sua falta e tenho rezado muito para que você esteja em paz.

Amo você para sempre, minha mãe amada!
O tempo não perdoa, não para e às vezes nem sequer resolve. Quando estamos tristes ele parece que anda bem devagar, solene, lento. É o que sinto neste momento. Passaram sete dias desde que você se foi, mãe! E até agora o tempo em nada me ajudou.

Neste sétimo dia eu quero não só me despedir mais uma vez, mas também fazer uma sentida homenagem à mulher, mãe e ser humano que você sempre demonstrou ser. Mamãe, eu sinto muito sua falta, mas prometo que por você levantarei a cabeça e lutarei todos os dias por um dia melhor.

Eu sei que serão muitas as lágrimas; ainda maiores serão as dores. Sim, dores, porque perder uma mãe é conhecer uma dor que não tem dimensão. É algo que ninguém deveria experimentar na vida. É algo que nos transforma e nos leva ao mais infeliz do que podemos ser. E ainda para mais agora que é tudo tão recente.

Mas é também em momentos assim que devemos nos lembrar da força que temos. E você, mãe, sempre me ensinou que por maiores que sejam as dificuldades, a nossa força interior pode sempre prevalecer. E talvez seja por isso, por essas lições, que eu sempre a irei amar, mamãe! Descanse em paz.
As mães ensinam tudo que precisamos saber da vida, só esquecem de ensinar o que fazer quando elas se vão. É assim que me sinto, mãezinha, sem saber o que fazer.

Já passaram 7 dias do seu falecimento, mas eu sinto como se o tempo tivesse parado. Não sei como seguir em frente. Todos falam que isso irá passar, mas o vazio no meu peito segue crescendo.

Eu sei que tenho que ser forte, eu sei, mas não há um manual de instruções para este momento e eu não sei como agir.

Queria viver mais um dia pelo menos ao seu lado. Eu iria abraçá-la forte e dizer quanto amo você, porque parece que eu não disse o suficiente.

Sinto sua falta, mãe. Nunca irei esquecê-la e você estará sempre viva no meu coração e na minha memória.
Sinto que hoje é a última etapa da minha despedida. Mãe, você se foi há sete dias e tenho tentado me despedir desde o começo. Eu sei que preciso me libertar, entender a verdade; aceitar que não voltarei sentir o conforto do seu abraço.

Neste sétimo dia tão simbólico eu desejo que a tristeza desvaneça um pouco por estamos todos com o coração cheio de infelicidade. Mamãe, você sabe que estarei sempre aqui e honrarei a pessoa doce que você sempre foi com todo mundo.

Eu nunca conheci ser humano tão belo e puro nem alguém tão íntegro como você. Acredite que é um privilégio para mim ter a mãe que tenho. Sim, que tenho, porque o amor e as ligações permanecem mesmo após a última despedida. Até um dia, mãe. Descanse em paz.
Sentimos saudade todos os dias
de manhã ao pequeno-almoço e
a noite à hora do jantar.

Mãe, você é uma espécie de paz
encantada que abriga nossa vida
em todos os momentos.

Mãe, somos filhos felizes contudo
com um vazio que só conhece
quem um dia perdeu.

Mãe, sentimos que falta uma parte
de nós de quem somos de quem
seremos um dia mais tarde.

Mãe, viveremos sempre com toda
saudade do mundo no coração ou
na alma nós não sabemos.

Sentimos saudade todas as noites
da hora do lanche à hora de cear
você não está mais aqui.
A saudade nunca irá largar minha mão, nunca deixará de me abraçar. Enquanto a amarmos, mamãe, viveremos sempre com um vazio. Descanse em paz no seu novo lar e até um dia.

Não tem sido fácil acordar e adormecer sem a sua presença, bem pelo contrário. Na hora das refeições você na está mais sentada na sua cadeira, nem à noite no sofá.

É duro ter de estar longe de quem tanto amamos, da pessoa que nos deu vida e ensinou a viver. A morte a levou de nós, mamãe, mas jamais irá roubar o que construímos com tanto sentimento e dedicação.

Que seu descanso seja eterno.
Um beijo, mãe.
Você sempre foi uma mulher tão generosa, tão linda e maravilhosa. Sinto muito sua falta, mamãe! Acredite que faria qualquer coisa para ter você de volta nos meus braços ou para escutar sua voz. Que saudade tão grande, mãe!

Peço que descanse. E esteja onde estiver só desejo que se sinta orgulhosa de mim e do que estou fazendo. Eu sei que esta saudade só irá embora na hora que partir para seu lado. Até esse dia, mãe!
Agora estou a pensar na minha mãe. Ela sempre foi tudo para mim e desde o dia que se foi; desde aquela hora trágica em que a morte a veio buscar, tudo mudou para mim. Fiquei mais pobre, mais triste.

Por ela eu sei que faria tudo, qualquer coisa mesmo! Para a ter de volta então, eu juro que daria até minha própria vida, mas isso não é possível. Tenho mesmo de aprender a viver sem ela, sem o seu abraço, o seu sorriso.

Sinto tanta saudade que nem consigo sequer explicar. É um sentimento muito forte, profundo, imenso. É uma dor que corre todo meu corpo e faz casa no meu coração. Minha mãe será sempre minha vida, mesmo que já não viva no mesmo mundo do que eu.
A saudade existe e toma conta do tempo e do coração de quem a sente do jeito que nós sentimos. Mãe, esteja onde estiver, se puder nos ver, acredite que a amamos profunda e incondicionalmente. Quem nos dera ter você aqui de novo!

Sentimos sua falta todos os dias, acordamos e adormecemos a pensar a você e nas coisas lindas que sempre nos proporcionou. Você será recordada com muito carinho. Descanse em paz e até ao ansiado dia do nosso reencontro.
Sinto muitas saudades da minha mãe, de a escutar na cozinha e de a encontrar a dormir no sofá todas as noites enquanto assistia a novela. Na verdade, se o assunto é minha mãe eu sinto falta de tudo.

Só ela me escutava profundamente, só ela me elevava até onde eu poderia ir. Minha mãe sempre me ensinou o caminho do bem e do correto, e isso me ajudou a formar o pensamento que tenho hoje.

Ela fez tanto por mim, aliás, ela daria sua própria vida pela minha. Eu não tenho quaisquer dúvidas! Quem me dera ter o seu colo novamente, o seu braço a suportar o peso do meu corpo. Mãe, queria tanto ter você aqui.
Você foi, é e sempre será o meu grande amor! Mãe, não é fácil passar esta época sem a sua presença; será a primeira vez. Sinto que vou desabar a qualquer instante; vou chorar, gritar seu nome.

Na verdade, nem me parece Natal! Sinto que agora já nada me dá entusiasmo, febre, fulgor de qualquer coisa. É incrível, mas desde que você se foi nada ficou igual; tudo se tornou mais cinzento e triste.

Mas uma coisa eu prometo, mãe: vou lutar, me esforçar para ser o mais feliz possível neste Natal. Eu sei que se você pudesse me pediria para sorrir. E eu quero cumprir seus desejos.

Não será fácil, mas tentarei.
Serei feliz por você, mãe.
Só quem já passou um Natal sem sua mãe amada é que sabe de verdade o que estou sentindo. Esta é a primeira vez e dói tanto, tanto! Mamãe, gostaria tanto que você estivesse aqui ao meu lado!

Temi este dia desde a hora que você se foi para sua nova casa, para seu novo mundo. Eu já sabia que iria ser difícil, mas confesso que não imaginaria que a dor fosse tão grande assim.

Tentarei resistir, respirar fundo.
Tentarei arrumar um jeito de sorrir.
Minha mãe, o dia em que lhe disse o último adeus foi o mais difícil da minha vida até hoje. Saber que jamais voltaria a vê-la, que não escutaria mais sua voz, que não teria mais seu amor, foi como perder o chão.

O tempo passou e o desespero e a tristeza foram atenuando e no lugar deles foi ficando esta saudade, que eu sei será eterna. E você partiu, mas sinto em tudo o que faço a sua presença, pois minha vida e tudo que sou devo a você.

A Deus eu agradeço pela mãe maravilhosa que eu tive, e que mesmo já não estando comigo, eu sinto me continua a ajudar. Não foram só saudades eternas que você deixou comigo, minha mãe, foi seu amor também. Eu amo você, minha mãe querida, e vivo na esperança de um reencontro na eternidade!