Saudades dos meus Pais

Encontradas 33 mensagens de conforto:

dos meus pais eu sinto saudade
um desejo constante
uma gigante vontade
de adormecer ao som dos dois
uma incrível necessidade
de os ter ao meu lado
e de os sentir
de os abraçar
de os ter para mim como antes
mas eles se foram
eles se foram para sempre
jamais irão regressar
mesmo que no meu peito
vivam enquanto eu respirar
enquanto meu coração bater
dos meus pais eu sinto saudade
de os ter vivos na eternidade
Como posso não sentir falta dos meus pais? Eles sempre foram tudo para mim; sempre me deram o que puderam e agora não estão mais aqui ao meu lado. Pai, mãe, eu tenho tanta saudade!

Acho que nem consigo sequer descrever a tempestade de sentimentos e sensações que meu coração sente. Vocês estão presentes, mas é diferente. Antes tudo era mais colorido, mais feliz.

Quem sabe um dia nos reencontremos! Ah, queria tanto um abraço de vocês dois ou um beijo ou até escutar a voz forte do papai ou sentir os dedos da mamãe no meu cabelo.

Faria tudo, mas tudo mesmo, sem exceções, para ter vocês ao meu lado nem que fosse por um só segundo. Mataria de vez esta saudade que tem me incomodado noite e dia.

Descansem em paz.
Eu irei sempre amar vocês.
Parece que vocês partiram há muito tempo e a saudade não para de aumentar. Meus pais amados, que falta vocês fazem nos meus dias.

É difícil não tê-los por perto para me aconselhar, me abraçar ou simplesmente estarem ali ao meu lado. Guardo minhas lembranças de vocês com muito carinho. Adoro ficar lembrando dos tempos da minha infância ao lado de vocês.

Acho que nunca vou me acostumar a não ter a presença de vocês. A saudade será eterna, assim como o amor que sinto!
Acho que ninguém imagina a saudade que eu sinto dos meus pais. Estar longe de quem amo, de quem me criou; de quem me ensinou a caminhar, é duro, triste, difícil. Como eu gostaria de ter pai e minha mãe ao meu lado!

Poderia ser por um segundo, que fosse por menos ainda, o que eu queria mesmo era estar junto para matar a saudade. Pai, mãe, vocês são tudo para mim! E eu sinto que continuam a existir aqui, só que de uma outra forma.

Enquanto eu viver vocês irão viver também! É a memória, a lembrança; quando recordo aqueles que amo e já não estão mais aqui, sinto que renascem. Talvez por isso a morte seja também uma perspetiva. Até um dia, pai e mãe: meus amores eternos.
Hoje acordei com saudade dos meus pais. Ontem também. E tenho certeza que amanhã sentirei a falta dos dois com a mesma intensidade. Tem sido assim todos os dias. Quando se ama alguém que não está perto do jeito que eu amo meus pais, a saudade é garantida.

É do toque dos dedos da minha mãe no meu cabelo, do cheiro do meu pai que antes nem conhecia. Os sons, os olhares; tudo nos meus pais me deixa saudade. Faria tudo, mas mesmo tudo, para os ter ao meu lado por mais um dia ou um minuto que fosse. Descansem em paz.
A dor de perder um dos nossos progenitores é imensa, mas quando perdemos ambos é infinita, assim como a saudade que sentimos.

Perdi um de cada vez, ainda mal me tinha acostumado a não ter um deles na minha vida e fiquei sem o outro. Senti que me tinham tirado o chão, que estava à deriva neste mundo.

Não há muito a fazer, resta apenas relembrar os bons momentos que passei com cada um deles. Mas como sinto falta desses momentos agora.

A verdade é que só damos o devido valor a alguém, quando deixamos de os ter na nossa vida. Irei sempre sentir saudades de vocês.
Acho que nunca senti um vazio tão grande em toda minha vida. Estar longe dos meus pais é a dor maior que poderia experimentar. Não há um dia sequer que deixe de pensar em vocês dois e no milagre que seria nos reencontrarmos!

Às vezes no silêncio da madrugada eu acordo de um sonho em que estamos todos juntos celebrando a vida e o amor que sempre nos uniu. Na verdade, eu sinto que continuamos ligados de alguma forma, independentemente dos mundos que nos separam.

Mas a verdade é que eu reconheço a realidade, e por mais dura que ela seja eu não tenho como fugir. Estamos longe, separados, mas também unidos pelo sentimento ímpar que cultivamos desde o meu primeiro dia de vida. Descansem em paz. E até um dia.
Escrevo com lágrimas nos olhos
e uma saudade imensa no coração.

Queridos pais, hoje senti tanta
falta de vocês e não sei bem porquê.

Alguns dias são mais difíceis que
os outros e hoje só queria um abraço.
Aquele abraço apertado que só
vocês sabiam dar.

Não tenho palavras para agradecer
pelos pais maravilhosos que vocês
sempre foram para mim.
Ensinaram-me tudo que eu precisava
e me fizeram forte.

Penso muito em vocês e às vezes,
admito que até converso olhando
para o céu para ver ser podem ouvir.

Levo sempre esta saudade no peito
e lembranças eternas de tudo
o que vivemos juntos.

Vocês moram no meu coração!
Sinto falta dos meus pais a toda hora. Não sei o que é acordar sem pensar na minha mãe sempre tão doce e ternurenta ou adormecer sem encontrar a proteção do meu pai no meu pensamento.

É uma saudade que não acaba. Aconteça o que acontecer, ela irá sempre resistir. É como se não tivesse fim! E dói, dói muito, porque estar longe de quem amamos é terrivelmente duro.

Mas tenho lutado dia após dia para aceitar o incontrolável ciclo da vida e os desígnios da morte. Não é fácil, mas tenho procurado entender. Só assim sorrirei de novo e os deixarei orgulhosos como me deixam a mim. Descansem em paz.
Dos meus pais eu tenho recordações lindas, momentos que jamais irei esquecer. Mas acima de tudo, eu tenho muitas saudades! Para os ter aqui de novo eu sei que faria qualquer coisa.

Quem me dera ter o poder de trazer para este mundo meus pais outra vez. Seria tão bom! Eu falaria tudo que sinto sem preconceitos nem receios. Pai, mãe, vocês são tudo para mim e enquanto existir saudade no mundo eu estarei abraçado a ela todos os dias. Descansem, meus eternos amores.
Queridos pais, vocês me ensinaram tudo que eu precisava, só não aprendi a viver sem vocês. Sinto uma falta enorme de abraçá-los e de poder simplesmente estar por perto.

É difícil viver sem eles. Queria que eles pudessem me ver agora, ver tudo que conquistei e contar que cheguei até aqui por causa deles.

Sei que vocês estão me olhando aí de cima. Sinto saudades todos os dias e espero que vocês possam estar descansando em paz. Amo vocês para sempre!
São facas no meu coração
as saudades que sinto dos
meus pais

São tentáculos a prender o
sorriso que hoje ou amanhã
poderia ter

São feridas que não fecham
estas cicatrizes abertas pelo
querer ter

São lágrimas e lágrimas que
rebentam quem eu hoje tanto
queria ser

São angústias que elevam de
mim a mais profunda falta a
de vocês

São vocês; serão sempre vocês
pai e mãe partiram e saudade
deixaram
Se existisse alguma ferramenta, algum instrumento que medisse a saudade que eu sinto dos meus pais, eu tenho certeza que rebentaria com valores tão elevados. Pai, mãe, eu sinto tanto a falta de vocês dois!

Das conversas, dos olhares ao fim da tarde, dos gestos que diziam mais do que palavras; de tudo eu sinto saudade. E acreditem que se pudesse eu estaria ao lado dos dois para um minuto que fosse.

Mas acreditem que mesmo distantes eu estou ao lado dos dois e sinto a presença, o aconchego, o abraço invisível pela manhã. Pai, mãe, que a vida nunca me leve as lembranças nem este amor que é só nosso. Até um dia.
Vocês fazem parte das minhas melhores memórias e são a minha maior saudade. Queridos pais, como eu queria poder abraçá-los pelo menos mais uma vez.

Quando partiram, deixaram um vazio enorme no meu coração e não há nada que possa preencher este espaço. Tenho lembranças maravilhosas e estou sempre com vocês em pensamento.

A saudade é enorme e a vontade de poder viver, pelo menos, mais um dia com vocês, é algo que está sempre presente no meu coração. Vocês são tudo para mim, mesmo que não estejam mais aqui.

Sinto muita falta dos dias em que estávamos juntos!
Os meus pais são a minha vida. Mesmo sem estarem perto, ao meu lado, eles representam tudo aquilo que sou e desejo ser. E por isso eu sinto muita falta dos dois.

Na verdade, eu sei que seria capaz de muita coisa para os ter aqui, junto de mim! Eles foram educadores brilhantes, pessoas maravilhosas que tive o privilégio de conhecer.

Talvez a saudade seja uma coisa natural, porque quando amamos queremos estar junto e quando não estamos, as coisas não podem dar certo. Até um dia, mãe. Até um dia, pai. Descansem em paz.