Mensagens mais recentes de Conforto

Passou um mês desde que você partiu, mãe, e está a ser difícil seguir com a vida para a frente. É difícil respirar, é difícil não chorar e é ainda mais difícil pensar em algo que não seja você.

As memórias que tenho de você continuam vivas e são o que me dá alento para enfrentar a luz crua de cada amanhecer.

Para sempre no meu coração! Amo muito você, mãe!
Tentei encontrar as palavras certas que pudessem ilustrar aquele que foi um colega de trabalho exemplar, mas não há palavras que consigam demonstrar o quanto ele era especial.

Todos os que puderam trabalhar ao seu lado sabem a força da natureza que tínhamos como colega e da palavra amiga que tinha para nós quando tudo parecia difícil.

Nunca irei esquecer a pessoa que fazia do local de trabalho um lugar feliz e que era, acima de tudo, um bom amigo.

Foi uma grande perda que todos sofremos hoje e não será fácil continuar em frente, mas sabemos que se ainda aqui estivesse, não baixaria os braços e usaria a dor como motor para seguir em frente.

Descanse em paz!
Nesta hora de dor profunda eu quero lhe deixar minha solidariedade. Sinto muito sua perda. Nunca é justo ver partir aqueles que amamos e ainda devemos tanto carinho. Tenho certeza que a pessoa de quem você sente saudade estará eternamente guardada pelo Senhor.

Na casa de Deus sua alma descansará em paz, longe dos pesos da vida, livre das preocupações e medos e frustrações do mundo. Honre seu nome e recorde sua existência com saudade todos os dias. Reze e faça seu luto. Tenha coragem.
Se eu pudesse falar com minha avó de novo eu lhe diria que a amo perdidamente, que ela é o meu mundo e sempre será. Foi há trinta dias que ela se foi. Eu irei sempre sentir sua falta. Vovó, que sua alma descanse em paz.

É pela sua serenidade eterna que eu rezo todos os dias, que eu oro, que eu faço minha súplica. Espero, do fundo da minha consciência, que seu novo lar contenha toda tranquilidade que sempre mereceu em vida. Até um dia, avó, eu irei amar você eternamente.
O que você está sentindo neste momento é um medo maior que o seu corpo, mais poderoso do que todas as forças do mundo todas juntas. Mas tenha calma, respire fundo uma e outra vez. A sua cirurgia vai ser um sucesso e em breve tudo estará bem de novo.

São coisas assim que nos tornam mais capazes, que nos fortalecem e preparam para as próximas provas que a vida nos oferecer. Seja forte, mantenha o pensamento positivo e encare este desafio com normalidade, porque logo logo tudo terá passado.

Lembre-se que estará nas mãos de pessoas competentes, profissionais e extremamente dedicadas. Para essas pessoas, a sua cirurgia será só mais um trabalho, mais uma operação do dia a dia. Relaxe e lembre-se que eu não estarei longe e lhe darei todo ânimo que precisar neste momento.
Eu nunca senti uma dor tão grande em toda minha vida como tenho sentido desde há mês quando minha mãe se foi. A angústia é maior do que a minha força, a tristeza gigante, poderosa demais. Eu sinto tanta falta da minha querida mãe!

Gostaria de ter mais coragem, de sentir menos saudade, de ser mais forte, não sei. Quem me dera acordar amanhã e conseguir aceitar a realidade da vida, a verdade de que as pessoas que amamos também partem como as outras .

Eu tenho esperança de melhorar minha visão do mundo, de conseguir lidar de outra forma com o desaparecimento da mulher mais incrível que algum dia conheci. Talvez eu consiga no próximo mês, no próximo ano. Talvez. Até esse dia, mãe, por favor, descanse em paz.
O coração é algo frágil e, às vezes, uma simples palavra é capaz de parti-lo em mil pedaços.
Há seis meses, carrego a saudade para onde quer que eu vá. Você partiu e deixou um vazio em mim.

Penso sempre em você e em tudo que compartilhamos. É muito difícil aceitar que não posso mais ouvir a sua voz. Só posso orar aos céus e a Deus para que Ele proteja você sempre.

Espero que possa me ouvir e que, através da minha oração, possamos estar um pouco mais perto. Sinto sua falta sempre e guardo nossas lembranças no coração.

Esteja em paz.
Hoje faz um mês que você partiu, mamãe, e parece que a saudade só insiste em aumentar. Sinto tanto a sua falta que mal consigo aguentar.

Meu coração está de luto para sempre, porque nada mais será como antes. Dói muito não poder mais ouvir sua voz ou lhe pedir aquele abraço que só você sabia dar.

Eu serei forte por você e seguirei sempre de cabeça erguida, como me ensinou, mas levarei esta saudade comigo. Guardo nossas lembranças e não importa quanto tempo passe, você estará no meu coração!

Amo você, mãe! Descanse em paz.
Eu segurei tantas vezes você nos meus braços, vi você crescer com entusiasmo, limpei em alguns momentos suas lágrimas, mas agora sou eu que choro amargamente, me sinto definhando, preciso de amparo. Você partiu, meu neto amado, e é difícil conseguir exprimir toda revolta que guardo dentro de mim.

É uma enorme perda para toda nossa família, é a mais trágica das notícias que poderíamos ter recebido. Como posso aceitar a morte de alguém que tinha ainda tanto para viver, tantos sonhos para concretizar, tantas coisas boas para compartilhar com o mundo?

Afinal, a vida ainda tinha mais provas para colocar no meu caminho. É mais uma que se acrescenta a outras tantas que superei. Peço que Deus me dê forças, assim como aqueles que sofrem com um triste e trágico falecimento. Descanse em paz, meu neto!
São sete meses que contam uma história de ausência, dor e profunda saudade. Ver você partir quando nada o fazia prever foi um choque tremendo e tem sido uma luta diária tentar não pensar que não voltarei a sentir seu abraço, a ouvir sua voz, a ter você perto de mim.

Não sei se é egoísmo ou se fico pensando demasiado em mim, mas, às vezes, parece que não sou mais a mesma pessoa, uma parte da minha alegria sumiu, vivo com grande receio de perder todas as pessoas que amo verdadeiramente. Sua morte deixou marcas profundas, algumas que talvez nem chegue a curar. Não fomos feitos para enfrentar uma experiência tão triste quanto a perda de alguém que amamos.

O tempo não volta para trás e eu só espero que ele leve este peso da minha alma, deixando somente as belas memórias que tenho suas. Nunca esquecerei tudo aquilo que você fez e significou para mim. Minha gratidão é imensa e eterna.
É difícil saber o que expressar em um momento tão doloroso. Lamento muito a perda da sua filha, a princesa que era a luz da família e que certamente continuará sendo para todo sempre.

Tenham muita força, unam-se cada vez mais, que eu estarei deste lado dando meu apoio, orando para que Deus traga muita paz e perseverança para vocês.
Sei que passou apenas um mês desde que você partiu, avó, mas fica difícil acreditar que vai ser possível superar essa perda. Sinto sua falta em todas as coisas, sinto saudade do seu carinho, até mesmo do seu jeito simples e meigo de falar. Passou um mês e meu peito parece cada vez mais despedaçado. Só queria recuar, estar mais uns momentos ao seu lado, e em jeito de uma mais justa despedida dizer o quanto amo você.
As horas fazem os dias e os dias as semanas, as semanas completam os meses, e já passaram sete desde que você se foi para jamais regressar. Que sua alma descanse em paz.

Não é fácil lidar com o sofrimento de estar longe de quem se ama, de quem se quer bem e com quem se tinha tantos projetos. Ficam as lágrimas e a saudade, mas também as memórias de histórias incríveis, vividas na profundidade do coração. Até um dia.
Eu sei quão difícil é lidar com a morte de quem amamos. Não conheço esse sentimento há muito tempo, na verdade, só há um mês eu descobri o que é a infelicidade profunda. Avó, que sua alma descanse em paz eternamente.

Para mim, você continuará viva e bem presente no meu coração. Acho que nunca mais em toda minha vida eu serei capaz de sorrir sem arrependimento; de acordar e adormecer sem pensar em você. Até um dia, vovó.
Ainda me dói como no primeiro dia, há um mês. Vovó, sinto que nada mais brilha na minha direção. Sinto sua falta, sentirei sempre. É muito difícil estar longe de você. Descanse em paz e até ao dia do nosso reencontro.

Só eu sei como gostaria de sentir um beijo seu outra vez, um abraço apertado, a sua mão a acariciar o meu cabelo. Quem me dera experimentar seu colo outra vez como quando era criança.

São tantas coisas que eu gostaria de fazer com você, que nem duas ou três vidas seriam suficientes para tudo. Farei do que vivemos as mais belas recordações da minha vida. Irei amar você eternamente, vovó.
Que mês terrível, mamãe! Foram trinta dias inteiros de lágrimas e uma angústia sem igual. Horas e mais horas de uma tristeza profunda. Foi há um mês que você se foi – já passou um mês, mãe. Descanse em paz!

Parece que agora não há mais sol na minha vida. Tudo ficou cinzento, sem graça, sem esperança. Gostaria de no próximo mês ter outro discurso, outras palavras para você. Quem me dera conseguir sorrir no próximo mês.

Não vai ser fácil, mas eu juro que adoraria ter força para encarar a realidade olhos nos olhos. Daria tudo para enxergar uma luz que indicasse meu caminho. Quando uma mãe vai embora, ela leva parte dos seus filhos. De mim levou com toda certeza.

Até um dia, mãe.
Eu vou tentar ser feliz por você.
O mês mais triste e doloroso
1 mês depois a ferida continua doendo
1 mês de um rastro infinito
Já passou um mês desde que nos deixou, minha mãe, e todos os dias acordo, sentindo a mesma dor que senti quando partiu.

As horas do dia passam e eu me lembro várias vezes de você. Queria poder falar com você e lhe contar o meu dia, mas não tenho outra escolha, se não ficar em silêncio recordando como era doce.

Um dia a voltarei a encontrar e nessa altura lhe irei contar tudo o que por enquanto guardo no meu coração.
Passaram mais 365 dias desde o seu falecimento, querido amigo, e a mágoa da sua ausência ainda é uma constante.

Sei que não há nenhum problema por ainda sentir a sua falta. As lágrimas podem até nunca secar. Mas também sei que nunca o esquecerei e que isto não é um adeus, somente um até já.

Às vezes parece que ainda sinto a sua presença. Nesses momentos, me pergunto se está aqui ao meu lado, me dando força e apoiando, como sempre fez em vida.

As nossas memórias mais queridas ainda estão presentes e me irão acompanhar ao longo do tempo que durar a minha travessia por esta vida.

Irá ficar para sempre no meu coração!
Fiquei sem palavras quando soube do falecimento da sua filha. E, embora, nenhuma palavra possa realmente ajudar a aliviar dor causada pela perda que você sofreu, quero que saiba que está em cada um dos meus pensamentos e em todas as minhas orações.

Que Deus, Nosso Senhor , que sabe do tamanho da sua dor e da sua tristeza, lhe traga paz e algum conforto à sua alma.
Hoje faz 1 mês que você me deixou, mãe e eu ainda não sei que caminho seguir.

Sempre que precisei, você estava aqui e agora me sinto só. Sigo orando, pedindo para que Deus a proteja.

Sei que tenho que ser forte, mas me sinto completamente sem rumo sem você. Por favor, mãe, me mande um sinal para que eu possa seguir em frente.

Esteja em paz, mamãe, e saiba que eu nunca irei me esquecer de tudo que vivemos!
Estou de luto pela partida da minha bisavó. Eu sei que era sua hora, mas não posso evitar de sentir uma tristeza e uma saudade enorme.

Você sempre foi um exemplo para mim, querida bisa, e mesmo que tenha partido, ainda levo sua imagem sempre comigo. Nunca esquecerei dos seus conselhos, das nossas conversas e de tantas lembranças que compartilhamos.

Esteja em paz e descanse agora sabendo que sua vida valeu a pena. Você foi e sempre será uma mulher incrível e forte.

Sinto muito a sua falta e sei que sempre sentirei. Adeus, minha querida bisa!
Sinto meu coração aos pedaços, partido e cabisbaixo, mas ainda com força para te amar.
Mana, passou um ano e eu ainda não consegui me adaptar à nova forma de vida. Foi há doze meses que você se foi e me deixou nesta dor, neste luto sem fim. Que sua alma descanse em paz. Até um dia, irmã.

Preciso de retomar meu caminho, de aceitar a triste realidade do seu adeus. Não será fácil, eu sei, mas não consigo mais viver assim em constante sofrimento. Penso em você todos os dias, sinto sua falta desde o amanhecer ao adormecer.

Talvez no próximo ano tudo esteja diferente, eu já encare a verdade de frente, sem receios nem lágrimas. Mas uma coisa eu prometo: amarei você eternamente, contarei ao mundo o bem que seu coração sempre me fez. Descanse, irmã.
Sempre temi que este dia chegasse. Desde cedo que vivo com a preocupação do seu adeus, da sua última despedida. Vovó, foi há um mês que seu corpo cedeu às tentativas de sucesso da morte. Descanse eternamente em paz.

Eu ainda não consegui aceitar que você partiu de verdade, que não é um pesadelo, que não terei mais seus braços envoltos no meu corpo. Vovó, talvez o tempo me ajude a compreender, mas ainda é cedo, ainda não consigo.

Só peço que se você puder me ver, por favor, que me ajude nesta etapa dura e infeliz; nesta hora de lágrimas e tristeza. Eu não sei se alguma vez mais vou sorrir na vida sem sentir arrependimento. Espero que sim, por mim e por você. Até um dia, minha segunda mãe.
A vida me deu um pai, mas também me ofereceu um segundo pai. Infelizmente, a morte roubou ele de mim para sempre. Padrinho, eu vou sentir muito sua falta; irei sentir eternamente. Descanse em paz.

Vai ser muito complicado conviver com a sua ausência. Sentirei falta das suas brincadeiras, de todas as bobagens que você sempre fez para me alegrar nos momentos mais difíceis; dos abraços apertados e sentidos.

Agora tudo se torna mais cinzento. Vou ter de ganhar coragem e encontrar forças onde eu nem sei se tenho. Mas tenho certeza, padrinho, que esteja onde estiver, você me dará uma grande ajuda. Até um dia.
Mais um ano sem você, mãe. Não é nada fácil seguir em frente sem seus conselhos, mas tenho tentado ser forte porque foi como você me ensinou a ser.

Sinto sua falta diariamente e, às vezes, ainda falo com você. Olho para o céu e oro sempre para que esteja bem.

Sei que Deus está ao seu lado e isso é tudo que preciso saber.

Um dia, nos veremos novamente, mãe, e mal posso esperar para lhe abraçar. Descanse em paz sabendo que estou bem e que estou vivendo por nós.

Amo você!
7 meses sem você e a saudade ainda não parou de aumentar. Não sei se algum dia irá parar porque a cada novo dia descubro uma nova coisa que me faz falta.

Sinto falta da sua voz chamado meu nome, do seu sorriso quando me olhava e do seu abraço sincero. Não é nada fácil seguir em frente em você aqui.

Guardarei nossas lembranças para sempre no lugar mais bonito do meu coração, porque é lá que você merece estar.

Descanse em paz e saiba que minha saudade é eterna.
O primeiro mês já passou e foi tão difícil que eu nem sei como vou conseguir superar os próximos. Avó, eu sinto tanto sua falta! Eu nem consigo explicar a dor que carrego no peito desde que você se foi para jamais regressar.

Quem me dera ter seus braços aqui, ainda quentes, envoltos nos meus. Quem me dera lhe dar um beijo no rosto esta noite antes de adormecer! Quem me dera que tudo isto não passasse de um terrível e traumático pesadelo!

Mas não, eu sei que você a realidade é outra e bem mais triste. Não vai ser fácil – eu sei, mas acredito que com o seu apoio eu vou conseguir. Vovó, mesmo distantes estaremos em união eternamente. Descanse em paz.
Filho, a dor que me assaltou a paz na hora que você se foi é simplesmente terrível. Eu já não sei mais o que é sorrir sem arrependimento, acordar e enxergar a vida com confiança. Não é justo um pai ou uma mãe se despedir de um filho para sempre!

Eu ainda nem sei bem como vou conseguir suportar esta infelicidade. Não sei sequer se serei capaz de conviver com a sua ausência. Mas prometo lutar todos os dias. E lutarei por nós dois, eu juro!

Batalharei noite e dia para manter seu nome vivo e para renascer a felicidade que existia em mim no passado. Eu sei que esse seria seu grande desejo. Não vai ser fácil, mas não vou desistir. Descanse em paz, meu filho.
Eu sei que é duro, que é difícil e complicado. Mas sei também que você é forte e sua coragem é capaz de qualquer proeza neste mundo. A sua cirurgia vai ser um sucesso! Não se preocupe, respire fundo e confie.

Eu sei que ai correr bem. Em breve tudo estará como antes. Às vezes a vida prega partidas e precisamos saber como resolver da melhor forma. Neste caso, você só tem de descontrair, esquecer os medos.

Eu prometo estar perto para lhe dar todo apoio que você precisa. Lembre-se que seu corpo estará nas mãos de grandes especialistas. Eles sabem exatamente o que estão fazendo. Coragem! Tudo vai dar certo.
Confiem em Deus, amigos. Ele estará sempre no lugar certo com as respostas ideais quando as dúvidas e temores chegarem.
Uma ferida aberta no coração pode significar na vida uma grande lição!
A minha avó já não está mais aqui fisicamente. Eu não a posso mais abraçar, sentir seu cheiro, escutar sua voz. Foi há um mês que ela deixou este mundo mais pobre e sem sentido. Vovó, descanse em paz.

Apesar de toda dor que estou sentindo eu acredito que vamos manter nossa ligação da mesma forma, forte e intensa. Estaremos sempre lado a lado, não fisicamente – é claro, mas de uma forma igualmente bela.

Será o amor o responsável pela nossa união eterna. Sempre foi. Prometo lutar todos os dias contra esta tristeza e matar a saudade com minha coragem e as nossas lembranças. Vovó, até um dia.
Mantenha o foco porque eu tenho certeza que em breve tudo estará bem como antes. Você merece. Melhoras!
Eu não gosto de contar o tempo que passou desde o dia que você me deixou, mas este número é muito especial para mim. São sete, os meses do seu falecimento. Descanse em paz e até um dia.

No começo eu me recusei a aceitar a realidade, mas logo percebi que não deveria fugir, mas sim enfrentar olhos nos olhos a verdade. Não foram meses fáceis, mas com a sua força eu tenho conseguido. Prometo rezar pela sua alma todos os dias.
Eu não consigo aceitar que meu netinho simplesmente foi embora para sempre! É muito difícil lidar com o desaparecimento do meu pequeno grande amor. Meu querido, a vida é injusta porque permitiu que a morte fosse mais forte. Descanse em paz.

Farei tudo para o manter ao meu lado em pensamento. Seu nome nunca estará longe da minha boca, até porque só assim o manterei vivo e presente neste mundo. Não será fácil: as lágrimas jamais irão secar. Meu luto será eterno. Até um dia, amor.
Vovó, eu ainda não consigo aceitar a sua morte. Ao longo deste primeiro mês cheguei até a duvidar da minha sanidade mental. Pensava que talvez eu não estivesse bem da cabeça, porque me recusei a aceitar a realidade.

Uma pessoa como você não pode simplesmente partir assim sem aviso. Mas a verdade é que não posso me recusar à verdade. Tenho de fazer meu luto, até porque só assim vou conseguir dar continuidade ao nosso relacionamento.

Não pretendo nenhum milagre, mas sim amar você da mesma forma. E eu acredito que o amor pode existir mesmo que duas pessoas estejam distantes. Avó, eu nunca vou esquecer você. Nunca! Descanse em paz e até ao dia do nosso reencontro.
Eu posso viver mais dez, vinte ou cem anos, não importa. Eu posso até ser imortal, mas eu juro que o tempo nunca irá levar você deste mundo. Mais do que um bisavô você sempre foi como um pai de verdade para mim.

Sinto que as recordações estão agora mais claras, parece até que o vejo à minha frente e quase consigo tocar no seu rosto. Bisa, eu quero muito que você descanse eternamente, mas também o quero ao meu lado, de uma forma ou de outra.

No meu pensamento você irá viver sempre. Farei tudo para que seu nome seja recordado por tudo e todos. Acho que assim você nunca poderá desaparecer de verdade. Enquanto você viver em mim, viverá no mundo. Descanse em paz, bisavô.
Hoje faz um ano que você se foi, irmã! Honestamente, eu não sei como consegui sobreviver todo este tempo sem sua presença ao meu lado para me orientar, para me guiar na minha estrada. Querida irmã, descanse em paz.

Eu quero lhe deixar minha homenagem, mas também a promessa que a irei amar eternamente, aconteça o que acontecer. Você é a menina do meu coração, a pessoa que penso todos os dias e todas as noites ao adormecer.

Desejo simplesmente que você esteja em um mundo de paz e que seu lar seja revestido a serenidade. Rezo pela sua alma todos os dias, mas confesso que às vezes imagino você aqui ao meu lado para um último abraço. Beijo eterno, mana.
Ao longo dos últimos meses eu experimentei vários gêneros de dor. Hoje completo sete meses sem a sua presença, sem ter aqui o meu suporte, o apoio e companhia que tanto me ajudou no passado.

É muito duro ficar longe de quem se ama simplesmente por a morte decidiu. Eu não sei como vou ser capaz de lidar com seu eterno desaparecimento. Como devo viver agora? Devo procurar ser feliz de novo?

Não há explicação nem sequer lógica para a sua morte. Você tinha ainda tanta coisa para experimentar, tanto amor para viver, tantas lágrimas para chorar! Ninguém deveria partir assim. Ninguém.

Espero que o tempo me ajude a superar esta dor que jamais vai embora do coração, este aperto no peito que quase me rouba a respiração. Talvez no próximo mês eu me sinta melhor, com mais força e coragem para ser feliz outra vez. Até um dia.
De coração partido vou vivendo dia após dia, ainda na esperança que o passado faça casa no futuro!
Quando chega a hora de enfrentar o medo, temos de encontrar coragem e lutar contra ele. Você vai fazer sua cirurgia e tudo vai correr muito bem! Tenho certeza que em breve regressará ao seu ritmo de sempre.

Lembre-se que o receio é natural, mas precisa ser combatido com a determinação. Entregue-se aos médicos, passe para eles a responsabilidade. Você só tem de respirar fundo e esperar pelo melhor. Força, eu estarei ao seu lado!
Foi há trinta dias que você se foi, vovó! Parece que foi ontem que a morte a roubou desta vida para sempre, mas já passou um mês. Foram dias e dias muito difíceis, com tristeza, mágoa e profunda saudade.

Saiba que a amamos com toda intensidade. Eu jamais a irei esquecer, aliás, todos os dias minha boca pronunciará seu nome e no meu pensamento sempre irão morar as belas aventuras que vivemos lado a lado.

Assumo que não vai ser fácil, aliás, tenho certeza que vou ainda chorar muitas lágrimas. Não é fácil estar longe de quem se ama, estar distante, separado. Rezarei pela sua alma todos os dias e todas as noites – eu prometo. Até um dia, vovó.
Padrinho, todos os dias serão tristes sem você por perto. Sempre foi assim quando você respirava o mesmo ar que todos nós, e assim continuará a ser agora que não o temos mais neste mundo. Descanse, padrinho, e até um dia.

Desejo profundamente que seu lar seja sereno, que não falte paz nem harmonia. Basta de sofrimento, agora só há lugar para a tranquilidade. Se puder me ver, eu só espero que se orgulhe de mim.

Irei procurar honrar seu nome todos os dias, aconteça o que acontecer. Você é o padrinho da minha vida, aquele homem que eu jamais irei esquecer. Na verdade, sempre o encarei como um segundo pai para mim. E será assim que o irei recordar eternamente.
Os meses têm passado a uma velocidade muito lenta. Parece que cada dia demorar um mês a chegar ao final. Tem sido assim desde que você se foi, exatamente há sete meses. Eu nunca irei esquecer esse dia.

Consigo me recordar como se tivesse acontecido há duas ou três horas. Mas não quero. É duro demais ter de reviver tudo aquilo outra vez. É sempre difícil estar longe de quem amamos, especialmente se não há um aviso, um alerta qualquer.

Foi um choque e ainda estou a procurar aceitar o desígnio da vida e da morte. Ainda me parece injusto, ainda sinto saudade, ainda tenho vontade de baixar os braços e desistir. Mas serei forte, por mim e por você. Descanse em paz.
Este foi um dos meses mais difíceis da minha vida por não ter você aqui, querida avó. Nem parece que já faz 30 dias que me despedi de você.

Eu sei que você tinha que partir, mas é muito difícil viver em um mundo em que não posso ouvir a sua voz. Sinto saudade sempre e, às vezes, ainda me pego falando com você.

Será que pode me ouvir? Espero que sim, pois estou orando sempre por você.

As nossas lembranças estão para sempre guardadas no meu coração. Descanse em paz, minha querida avó.