Sigo tentando ser alguém de quem minha irmã se orgulharia

Hoje é mais um ano riscado no calendário desde o falecimento do meu irmão. Cada dia é um novo desafio, mas eu vou aprendendo a viver sem ela.

Tenho certeza que ela iria querer que eu seguisse em frente, e é por isso que eu continuo: para honrá-la. Todos os dias, tento ser alguém de quem ela iria se orgulhar.

É tudo por você, irmãzinha! Sinto muito sua falta, mas estou fazendo meu melhor para que você possa me olhar aí de cima e sentir orgulho de quem eu sou!

Você nunca será esquecida!