De cada vez que me lembro de você

De cada vez que me lembro de você, madrinha, cai uma lágrima no meu rosto. São tantas as memórias boas que guardo dos nossos momentos juntos. São memórias de tempos felizes que me deixam triste ao lembrar.

A tristeza não sai do meu peito e a dor parece aumentar com o tempo. Queria que a dor fosse embora e que a senhora regressasse. Nem que fosse por um momento apenas, apenas o tempo de me despedir de si, de lhe dar um último abraço e de ouvir a sua voz uma última vez. Só queria mais uma oportunidade para lhe dizer que amo a senhora e que a guardo para sempre no meu coração.