Descanse em paz, amigo

É o fim, tão trágico e imprevisível. É a ironia da nossa existência: num dia estamos sorrindo ao lado de quem amamos, e no outro já estamos dizendo adeus e recordando com tristeza os momentos que vivemos juntos.

Hoje sinto esse amargo, ver partir um amigo que significava tanto para mim. Perceber que a morte roubou um pedaço do nosso coração, uma passagem da nossa história, uma razão da nossa felicidade. Nada vai ser igual a partir de agora. Descanse em paz, amigo!